Câmara Municipal assina contrato de financiamento para projetos de valorização ambiental

Câmara Municipal assina contrato de financiamento para projetos de valorização ambiental

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez celebrou com o Governo os contratos relativos ao Fundo de Coesão da União Europeia que financiam, com mais de 4,5 milhões de euros, projetos de valorização do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) apresentados pelos municípios de Arcos de Valdevez, Melgaço, Montalegre, Ponte da Barca e Terras de Bouro, duas associações de desenvolvimento regional e pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A autarquia arcuense irá investir mais de 600 mil euros com os projetos Himalaia – o Eco Cidadão, Rochas que Contam Histórias e Promoção e Sensibilização Ambiental de Sistelo e do Rio Vez. Outros projetos que se ligam com o território arcuense são o restauro das matas do Mezio e Ramiscal e a proteção de habitats naturais protegidos, já iniciados pelo ICNF, assim como o reforço da cobertura móvel dentro do PNPG. As operações de restauro e manutenção de área florestal com espécies autóctones e de salvaguarda de habitats naturais percorridos por incêndios estão orçadas em mais de 1,1 milhões de euros, contando também com apoio do Fundo Ambiental.

Por outro lado, a Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL), assinou o contrato de financiamento relativo a quatro projetos aprovados no âmbito do Plano de Valorização do PNPG, no valor de 1,3 milhões de euros. Uma oficina lúdicopedagógica, um programa de educação ambiental, um plano operacional de gestão da área de intervenção específica da Porta do Mezio e um plano de pedagogia e interpretação ambiental sobre o lobo ibérico.

A autarquia considera que os apoios concedidos via POSEUR representam muito para o território naquilo que tem a ver com a sua valorização, preservação da natureza e das espécies autóctones.