Consórcio do Projeto Waterwatt reúne-se em Portugal

Consórcio do Projeto Waterwatt reúne-se em Portugal

Decorre hoje e amanhã, dia 3, a segunda reunião do consórcio do WaterWatt, nas instalações do ISQ, em Oeiras.

O projeto WaterWatt tem como principal objetivo o aumento da eficiência energética nos circuitos de água industriais e é coordenado pela DECEHEMA, a Associação Química alemã, sendo o ISQ o único parceiro português, num consórcio constituído por 6 parceiros, oriundos da Alemanha, Noruega, Itália e Reino Unido.

Para além disso, o projeto é financiado pelo programa europeu de apoio à Investigação e Desenvolvimento, o Horizonte H2020, tendo um orçamento total de cerca de 1,8 milhões de euros, para uma duração de 36 meses.

Após uma primeira reunião serão realizadas visitas técnicas aos casos de estudo portugueses (indústria do setor papel e setor alimentar) para que os parceiros estrangeiros possam conhecer circuitos de água selecionados, com vista a serem caracterizados e modelada a sua eficiência energética.

A modelação dos circuitos é uma tarefa essencial para a construção da futura Plataforma E3 (Energy Efficiency Evaluation), que irá estar disponível online, e que permitirá ao utilizador fazer, através de técnicas de gamification, um diagnóstico energético dos seus circuitos de água, com sugestões de melhoria e indicação de preços de mercado, simular novas configurações para os circuitos e efetuar análises de benchmarking. O conceito de gamification define-se como sendo a utilização de técnicas lúdicas, para enriquecer contextos diversos, não relacionados com jogos, incentivando os utilizadores a adotar comportamentos desejados, neste caso comportamentos de melhoria da eficiência energética.

Até ao momento foi concluída a tarefa de avaliação da implementação das políticas europeias de eficiência energética e sustentabilidade em cada um dos países (Alemanha, França, Itália, Noruega, Portugal e Reino Unido) e setores de atividade (Aço, Alimentar, Químico, Papel, Cerâmico) que constituem cada um dos casos de estudo do projeto. Esta tarefa serviu de auscultação dos stakeholders mais importantes dos setores industriais representados no projeto, uma vez que contou com questionários, entrevistas e revisão bibliográfica sobre a forma como os diferentes setores abordaram a aplicação das diretivas europeias, sobre sustentabilidade e eficiência energética, nos diferentes países, a barreiras que tiveram na sua implementação e as boas práticas aplicadas.

O WaterWatt, desenvolvido pelo Sustainable Innovation Centre do Grupo ISQ, constitui mais um passo para consolidar a experiência e conhecimento adquirido ao logo dos últimos anos na área de investigação do nexus água-energia, premiando a sua aposta neste setor, no sentido de cumprir a sua missão de apoio científico-tecnológico à Indústria nacional.