Green Bonds da Repsol reconhecidas pela Petroleum Economist como iniciativa pioneira

Green Bonds da Repsol reconhecidas pela Petroleum Economist como iniciativa pioneira

A emissão de green bonds da Repsol foi reconhecida pela Petroleum Economist – publicação de referência no setor energético –, como uma iniciativa pioneira a nível mundial. A Repsol foi a primeira petrolífera do mundo a emitir green bonds certificados no valor de 500 milhões de euros para financiar mais de 300 projetos para que têm o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e melhorar a eficiência energética, através da inovação e tecnologia.

O júri deste prémio valorizou a inovação e o compromisso da empresa na redução das emissões nas suas operações e em melhorar a eficiência nas instalações, graças aos fundos provenientes destas obrigações.

Helen Robertson, editora da Petroleum Economist, afirma: “Quisemos reconhecer a contribuição da Repsol na promoção das melhores práticas para a sustentabilidade e para o meio ambiente”.

O diretor Corporativo Financeiro e de Relações com Investidores da Repsol, Paul Ferneyhough, foi o responsável que receber o prémio e destacou o compromisso da empresa na luta contra as alterações climáticas através de várias iniciativas. “Para a Repsol, este tipo de obrigações são fundamentais para avançar na luta contra as alterações climáticas”, comentou.

Para além desta iniciativa, a Repsol participa ainda no Oil and Gas Climate Initiative (OGCI), um organismo que desenvolve projetos com vista à transição energética e de combate às alterações climáticas.