Programa de eficiência energética prossegue no concelho do Cadaval

Programa de eficiência energética prossegue no concelho do Cadaval

Categoria Ambiente, Energia

No âmbito da fase-piloto do projeto “LEDíficios do Oeste”, o Município do Cadaval promoveu, em parceria com a OesteSustentável – Agência Regional de Energia e Ambiente do Oeste, a substituição dos sistemas de iluminação do edifício dos Paços do Concelho. Ainda dentro da sustentabilidade energética, mas numa parceria camarária com a EDP, continua em marcha, em várias ruas do concelho, a campanha de substituição de luminárias convencionais por luminárias LED.

A recente instalação de iluminação LED no edifício dos Paços de Concelho do Cadaval, no âmbito da fase-piloto do projeto “LEDíficios do Oeste”, permitirá, segundo informa a OesteSustentável, uma poupança estimada em cerca de 20,3 kWh (quilowatts-hora) por ano, evitando a emissão de cerca de 8,4 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera. Segundo avança a mesma agência, a medida representa “uma poupança anual de 3.242 euros para o Município do Cadaval e uma redução de 64% nos custos com a fatura de energia elétrica”.

Segundo a OesteSustentável, o retorno do investimento municipal dar-se-á em cerca de 11 meses. “Ao 11º mês após a instalação, a intervenção ficará paga apenas com as poupanças obtidas”, aponta.

O projeto “LEDíficios do Oeste” visa reduzir o consumo de energia e melhorar a eficiência energética em edifícios da região Oeste. O mesmo prevê “a substituição de cerca de 28 mil lâmpadas fluorescentes (tubulares e de halogénio) por lâmpadas LED, em edifícios municipais, quartéis de bombeiros, estabelecimentos escolares e instituições de solidariedade social, localizados na área de abrangência da OesteSustentável”.

Informa a mesma entidade que o “LEDíficios do Oeste” conta com um orçamento global previsto de 560 mil euros, cofinanciados, a fundo perdido, em cerca de 71%, com um período de execução de dois anos, até dezembro de 2018.

Surge no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC 2017/2018), “que apoia financeiramente iniciativas que promovam a eficiência e redução do consumo de eletricidade em diferentes segmentos de consumidores”.

“O PPEC 2017/2018 aprovou 75 medidas que serão implementadas por 33 promotores, tendo o projeto “LEDíficios do Oeste” obtido a melhor classificação no seu segmento de entre 35 projetos candidatos”, acrescenta a mesma fonte.

Iluminação pública: outro dos enfoques da eficiência energética
Ao nível da iluminação pública, e numa parceria do Município com a EDP, e na mesma lógica da eficiência energética, prossegue a campanha de substituição de luminárias convencionais (com lâmpadas de vapor de mercúrio) por luminárias LED.

Recorde-se que, só em 2016, foram aplicadas um total de 100 unidades em diversos pontos do concelho, estando, no decurso de 2017, a ser colocadas cerca de 150 unidades.