Trump está decidido a retirar EUA do Acordo de Paris

Trump está decidido a retirar EUA do Acordo de Paris

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está decidido a tirar os EUA do acordo climático celebrado em Paris, em 2015. A notícia está a ser avançada pelo site Axios – que cita duas fontes próximas do tema, mas que não identifica – e citada pela Reuters.

Trump, que no passado chamou ao aquecimento global um embuste, recusou-se reiterar os compromissos assumidos no Acordo de Paris, celebrado em 2015, ainda sob a governação de Barack Obama, no encontro do G7 em Itália. “Os Estados Unidos estão atualmente a reavaliar a política climática. Os outros seis países do G7 reafirmaram os seus compromissos [a favor dos acordos de Paris] tendo em conta esta posição norte-americana”, afirmou o representante da delegação francesa ao G7.

“Tomarei a minha decisão final sobre o Acordo de Paris na próxima semana”, escreveu Trump no último sábado, no Twitter, sem avançar mais detalhes.

Na sua declaração final no final da reunião em Taormina, os líderes de Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, assim como da União Europeia, reconheceram a necessidade de esperar pela decisão de Washington nesta matéria.

O acordo de Paris, com cerca de 200 países subscritores, foi celebrado em 2015, e visa limitar o aquecimento global.

Detalha o site Axios que a decisão de tirar os EUA do acordo está a ser estudada por uma equipa que inclui do administrador da Agência de Proteção Ambiental norte-americana (EPA), Scott Pruitt.

Os EUA são o segundo maior emissor mundial de dióxido de carbono, atrás da China.