Voluntários da Universidade Europeia, IADE e IPAM recolhem lixo das praias do Estuário do Sado

Voluntários da Universidade Europeia, IADE e IPAM recolhem lixo das praias do Estuário do Sado

No passado dia 17 de maio, estudantes, professores, colaboradores e parceiros da Universidade Europeia, do IPAM e do IADE juntaram-se para ajudar a eliminar a contaminação do ecossistema das pradarias marinhas do estuário do Sado, provocado pelo plástico introduzido pela comunidade piscatória e lúdica local na prática da mariscagem. Ao todo foram recolhidas 1786 embalagens de sal de cinco praias junto ao Estuário do Sado e ainda duas toneladas de lixo diverso.

Realizada em parceria com a Ocean Alive, a iniciativa de responsabilidade social contou com a participação de 300 voluntários que, apoiaram a campanha “Mariscar SEM Lixo” contribuindo de forma simbólica para os objetivos de desenvolvimento sustentável estipulados pelas Nações Unidas, nomeadamente, no que diz respeito à proteção do ambiente e da vida marítima.

O Dia da Responsabilidade Social das três instituições de ensino superior insere-se num compromisso global do Grupo Laureate em “criar impacto positivo na sociedade, incentivando o envolvimento das suas diferentes instituições espalhadas pelo mundo com a resolução de problemas reais das comunidades locais”, realça o comunicado de imprensa.

Esta iniciativa, que este ano celebrou a sua 5.ª edição, foi distinguida, em 2015, pela APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial, como uma boa prática de Responsabilidade Social na categoria Voluntariado e, o ano passado, foi selecionada, entre 50 boas práticas universitárias de Responsabilidade Social, como uma das cinco melhores do país, pela Comissão Setorial para a Educação e Formação e pelo Instituto Português da Qualidade.

Ao longo dos últimos cinco anos, a Universidade Europeia já desenvolveu cinco Projetos de voluntariado distintos, apoiando cinco Entidades diferentes (Santa Cada da Misericórdia da Amadora, Parque Florestal de Monsanto, Tapada Nacional de Mafra e ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (Mata Nacional de Leiria), onde participaram mais de 1000 voluntários, com o apoio de 30 parceiros e patrocinadores.

A campanha “Mariscar SEM Lixo” tem suscitado uma grande adesão e provocado um impacto considerável na região do Estuário do Sado, contando com o suporte institucional da UNESCO e com o patrocínio da Fundação Oceano Azul/Oceanário de Lisboa. Este ano já foram realizadas várias ações de voluntariado na área, tendo sido recolhidas mais de 28 mil embalagens de sal fino.