Águas de Portugal vai apoiar Empresa Pública de Águas de Cabinda

Águas de Portugal vai apoiar Empresa Pública de Águas de Cabinda

O Grupo AdP – Águas de Portugal foi escolhido para prestar apoio técnico e reforçar as capacidades de gestão, operação e manutenção na empresa gestora dos sistemas de abastecimento de água e saneamento na província de Cabinda, em Angola, no âmbito de uma parceria estratégica entre o governo da República de Angola, a UNICEF e a GWOPA / UN-Habitat.

O apoio vai decorrer durante um ano e a Águas de Portugal vai apoiar nas fases de diagnóstico e de identificação de áreas prioritárias de intervenção da Empresa Pública da Águas de Cabinda, tendo em vista o desenvolvimento do Plano de Melhoria de Desempenho  daquela entidade gestora. A Empresa Pública de Águas de Cabinda, criada em 2015, é a entidade gestora responsável pelo abastecimento de água às populações naquela província angolana.

A colaboração do Grupo AdP com Angola vem desde 1995, fundamentalmente no domínio da prestação de serviços e da assistência técnica. Entre os diversos projetos desenvolvidos no passado, destacam-se a assistência técnica à Direção Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento, o apoio Institucional ao estabelecimento do serviço de abastecimento e saneamento de águas na província do Sumbe e o projeto para a criação e constituição da empresa de abastecimento de água e saneamento da província do Cunene. Atualmente, o Grupo tem em curso dois contratos de assistência técnica para a operação e manutenção de sistemas de abastecimento de água nas províncias do Huambo e Uíge.

A GWOPA – Global Water Operators’ Partnerships Alliance (Aliança Global de Parcerias entre Operadores de Água) é um mecanismo global criado pelas Nações Unidas para promover e facilitar a associação e cooperação técnica entre empresas de serviços de água e saneamento em todo o mundo com vista a reforçar a capacidade de fornecimento de serviços de água e saneamento sustentáveis, com qualidade e para todos. Esta cooperação baseia-se no uso das habilidades, conhecimentos técnicos e solidariedade de uma empresa operadora oferente (orientador) para reforçar a capacidade de outro operador (orientado/a), que precisam de apoio em áreas específicas para melhoria do seu desempenho.