200 colaboradores da AGEAS vão ajudar a reflorestar o Pinhal de Leiria

200 colaboradores da AGEAS vão ajudar a reflorestar o Pinhal de Leiria

Categoria Ambiente, Florestas

Esta sexta-feira, dia 9 de março, cerca de 200 Colaboradores da Direção de Operações do Grupo Ageas Portugal vão unir-se para plantar 5 mil árvores no Pinhal de Leiria. “Com vista a diminuir os danos causados no Pinhal do Rei, a Fundação Ageas, em parceria com a Quercus e com a colaboração do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, propõe-se a juntar esforços e a usar os seus recursos – humanos e financeiros – para contribuir para a reflorestação do Pinhal”, refere a instituição em comunicado.

Esta ação enquadra-se no Plano de Reflorestação do Pinhal de Leiria, que tem como ações principais um plano de corte plurianual faseado com duração até 18 meses e um plano de reflorestação a concluir até julho de 2018, cuja aplicação terá a duração de cinco anos.

Os incêndios de 2017 devastaram o património florestal do país. De janeiro a outubro do ano passado, arderam mais de 442 mil hectares, entre os quais zonas habitacionais, que causaram a morte a 112 pessoas. O dia 15 de outubro, considerado o pior dia do ano em matéria de incêndios, consumiu 86% da área total do Pinhal do Rei, destruindo um importante património da Mata Nacional de Leiria.

“Esta iniciativa é muito importante para o país e para o Grupo Ageas como organização. Para além de estarmos a contribuir para a reflorestação de um dos principais pulmões do país e fazermos renascer este histórico Pinhal, levamos as nossas Equipas a viver uma experiência emocional com um propósito muito nobre. A existência de um objetivo comum solidário fortalece as relações entre os Colaboradores. Queremos fomentar mais missões como esta no futuro” refere Célia Inácio, presidente da Fundação Ageas, citada em comunicado.