35 concelhos do Norte com mais lixo no estado de emergência

35 concelhos do Norte com mais lixo no estado de emergência

Categoria Ambiente, Resíduos

Durante o primeiro trimestre do ano deste ano, no qual está incluído o início do estado de emergência, há mais lixo nos ecopontos instalados em 35 concelhos do Norte. O lixo seletivo, aquele que segue para reciclagem, aumentou cerca de 22% relativamente ao mesmo período de 2019, indica o Jornal de Notícias. O indiferenciado aumentou cerca de 3,5% comparando com os primeiros três meses do ano passado.

Os números são da Resinorte – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, que faz a recolha dos ecopontos e faz a recolha dos ecopontos e recebe lixo doméstico de uma população de cerca de um milhão de habitantes.

“Não podemos dizer que os aumentos nestes períodos homólogos ficaram a dever-se apenas ao facto de as pessoas estarem mais em casa da pandemia, até porque do ano passado para este ano foi feito um investimento em mais ecopontos”, explica Marisa Lima, da Resinorte. No entanto, a responsável considera que é possível já perceber que houve “um aumento substancial” no vidro recolhido dos ecopontos.