3.º concurso da Fibrenamics Green tem nova data

3.º concurso da Fibrenamics Green tem nova data

Categoria Ambiente, Home, Resíduos

Os produtos de design produzidos pela comunidade de criativos da Green Think Tank, uma plataforma da Fibrenamics Green, criada pela Universidade do Minho, vão estar à venda a partir do próximo ano, anunciou Joana Dias, representante da plataforma e da instituição, durante o VII Encontro Nacional de Gestão de Resíduos, promovido pela Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais (APEMETA). Para já, alguns dos projetos vencedores estão em fase de protótipo.

Entre os vencedores dos dois concursos anteriores – Fibre & Wood e Mineral & Plastic – constam Pedro Regadas (“Dress your pans”), Sónia Soeiro (“Facet Stool”), Rúben Costa (“Junta”) e a dupla Adriana Mano e António Barros (“Zouri”). Questionada sobre o destino final desses produtos, Joana Dias explicou que o objetivo é “fechar o ciclo”. Embora ainda não exista um plano definido, a responsável garantiu que estão disponíveis para receber esses mesmos produtos, em fim de vida, voltando a fazer o reaproveitamento dos resíduos para transformá-los no mesmo produto ou até noutro.

Até ao dia 15 de janeiro, está a decorrer o terceiro concurso da Fibrenamics Green, “Fusion Edition”, que consiste em incorporar dois ou mais resíduos – fibrosos, de madeira, minerais e plástico – no desenvolvimento de produtos de design. Deste desafio, serão eleitos dois projetos. Os vencedores vão receber um prémio monetário de 500 mil euros, cada um, e ter a oportunidade de desenvolver os produtos e apresentá-los publicamente.

O encontro da APEMETA, que decorreu no passado dia 14 de dezembro, na Fundação Cidade Lisboa, realizou-se sob a temática dos 5R’s -Reciclar, Repensar, Reduzir, Recuperar e Re(i)novar. O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, conduziu a sessão de abertura, onde, inclusive, acordou “repensar o PERSU2020”.