A. Silva Matos produz reservatórios para obras internacionais de aproveitamento hidroelétrico

A. Silva Matos produz reservatórios para obras internacionais de aproveitamento hidroelétrico

Categoria Águas, Ambiente, Energia

A A. Silva Matos Metalomecânica S.A produziu diversos reservatórios de ar comprimido a alta pressão e uma conduta forçada para diversas obras de aproveitamento hidroelétrico internacionais.

Os 25 reservatórios, com volumes de 600 até 10 000 litros e pressões de serviço entre 62 e 74 bar, destinam-se ao sistema de desafogamento de barragens ou para acionamento de equipamentos hídricos, tendo alguns deles espessuras de 70 mm.

A conduta foi construída em troços de diâmetro de 3200 mm e espessura de 42 mm, em S 460 ML, aço com altas características mecânicas e com procedimentos muito específicos de soldadura.

Os reservatórios destinam- se às barragens de Grand Rennaissance na Etiópia, Gilboa em Israel e Nant De Drance na Suíça. A conduta forçada será exportada para a Albânia, para implementação na barragem de Moglice. O valor total das exportações ascende a 1,7 milhões de euros.