ABB construirá a primeira subestação híbrida em Marrocos

ABB construirá a primeira subestação híbrida em Marrocos

As previsões para Marrocos indicam que a procura de energia no país aumentará continuamente nos próximos anos. O país tem abundantes recursos energéticos renováveis – incluindo energia solar, eólica e energia hidroeléctrica – e estabeleceu uma meta para as energias renováveis de 52% em 2030, reduzindo a sua dependência atual de combustíveis fósseis importados. O governo está focado no desenvolvimento da sua infraestrutura elétrica para integrar as energias renováveis, com metas para gerar mais energia a partir do vento e de outras fontes renováveis de energia.

Neste sentido, a ABB está a trabalhar com a Energie Eolienne du Maroc, empresa do setor da energia de Marrocos, para construir uma nova subestação híbrida no sul de Marrocos que irá ligar à rede nacional do país. Será a primeira subestação híbrida em Marrocos e está a ser projetada para suportar as condições meteorológicas adversas do deserto e as condições da atmosfera marítima.

Durante a 22a Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, organizada em Marraquexe no final de 2016, o novo parque eólico da Nareva recebeu o reconhecimento COP 22.

A subestação híbrida irá ter uma capacidade de 225/33 quilovolts (kV) e deverá ser flexível e expansível, com a capacidade de ser atualizada até 400 kV ou o parque eólico atualizado para 300 MW. O novo parque Nareva está envolvido em vários desenvolvimentos de parques eólicos em todo o país.

A subestação híbrida incluirá a mais recente tecnologia ABB PASS, com acessórios de cablagem ZS2 MV, transformadores de potência de 150 MW, transformadores de medida, descarregadores de sobretensão, sistema de proteção, comando e controlo de subestações. A nova subestação aumenta a presença da ABB em África e o objetivo da divisão Power Grids da ABB de formar uma rede mais forte, mais inteligente e mais ecológica para os seus clientes.