Abrantes reforça aposta na prevenção e no planeamento ao combate dos incêndios florestais

Abrantes reforça aposta na prevenção e no planeamento ao combate dos incêndios florestais

Categoria Ambiente, Florestas

Novas instalações do Serviço Municipal de Proteção Civil, implementação de Faixas de Gestão de Combustível e 125 mil euros de investimento em Kits de primeira intervenção contra incêndios são algumas das medidas inseridas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) do concelho de Abrantes.

No âmbito do DECIR, apresentado em maio desde ano, a Câmara Municipal de Abrantes anuncia em comunicado o reforço da aposta na prevenção e no planeamento ao combate dos incêndios florestais, com a inauguração das novas instalações do Serviço Municipal de Proteção Civil do concelho – localizadas no rés-do-chão do Edifício Milho, na Praça Raimundo Soares.

No mesmo comunicado, o município destaca “a importância em proporcionar boas condições de trabalho à equipa técnica que trabalha no Serviço Municipal de Proteção Civil, que inclui a área de planeamento e operações, o gabinete técnico florestal e o apoio administrativo, é fundamental para que possam realizar o seu trabalho da forma mais eficiente e eficaz. Ficamos muito felizes por poder contribuir para um melhor trabalho destas equipas e consequente defesa das nossas florestas. O nosso dever é apoiar o DECIR em todas as suas vertentes. O dever de todos é evitar comportamentos de risco e denunciar situações suspeitas”.

O Município através do SMPC / GTF implementou, em todo o concelho, as Faixas de Gestão de Combustível da sua responsabilidade, numa faixa lateral de terreno confinante numa largura não inferior a 10 m da Rede Viária Municipal, respeitando assim o Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de Junho, em que nos espaços florestais previamente definidos nos PMDFCI é obrigatório que, a entidade responsável pela rede viária, providencie a gestão do combustível, abrangendo um total de 201.08ha.

Recorde-se que, ainda dentro do DECIR 2020, há a destacar o reforço das equipas de primeira intervenção e de vigilância, quer dos Kits das Juntas de Freguesia, auxiliados por mais uma equipa gerida pela Junta de Freguesia de Tramagal, mas também no âmbito dos sapadores florestais (Associação de Agricultores e CIMT).

A Câmara Municipal de Abrantes fez um investimento de 125.000,00€ para a operacionalização destes Kits de primeira intervenção contra incêndios, geridos por sete Juntas de Freguesia: Abrantes e Alferrarede, Aldeia do Mato e Souto, Bemposta, S. Facundo e Vale das Mós, Rio de Moinhos, Mouriscas e Tramagal.

As carrinhas ligeiras das juntas de freguesia integram igualmente o DECIR, no âmbito municipal, para responder de forma mais rápida e eficaz no ataque aos incêndios, na sua fase inicial, até que cheguem os reforços ao local do incêndio, sendo uma mais-valia pela sua proximidade e rapidez.

As viaturas estão equipadas com maquinaria, mangueira e tanque com capacidade de 500 litros de água, estando também apetrechadas com rádios de comunicação. Nos períodos de alerta laranja e vermelho, estarão pré posicionadas em Locais Estratégicos de Estacionamento (LEE), dentro do limite da respetiva freguesia, locais esses definidos previamente pelo Comandante dos Bombeiros Voluntários de Abrantes.

A CMA alerta todos os munícipes para manterem os terrenos limpos por forma a evitar
incêndios.