AccorHotels é parceira do primeiro catamarã experimental multi-energias

AccorHotels é parceira do primeiro catamarã experimental multi-energias

Categoria Ambiente, Energia

No âmbito da COP21, a AccorHotels anunciou a assinatura de um contrato de parceria com o Energy Observer, catamarã experimental multi-energias desenvolvido por dois apaixonados pelo mar, em associação com o Comissariado para a Energia Atómica e para as Energias Alternativas (CEA). A ambição do grupo é de envolver fortemente os seus hotéis para a transição energética.

Sébastien Bazin, presidente e CEO da AccorHotels, afirma que “a nossa parceria com Energy Observer testemunha a nossa vontade de impulsionar uma mudança positiva a longo prazo enquanto construtor e operador de hotelaria sustentável. É também missão da HotelInvest, polo de gestão dos nossos ativos imobiliários: construir, explorar e valorizar os edifícios da melhor forma e durante mais tempo, respeitando o ambiente. Assim, trabalhamos para reduzir a nossa pegada ecológica dos nossos hotéis ao longo do seu ciclo de vida e isto começa por uma maior eficiência energética dos nossos edifícios desde a sua construção”.
A expedição para a transição energética

Atualmente em construção em Saint-Malo, o Energy Observer é um barco revolucionário concebido como um laboratório a céu aberto. É totalmente autónomo em energia, graças à integração de uma cadeia de hidrogénio completa, incorporando pela primeira vez pilhas a combustível e eletrolisadores com energias renováveis (eólicas, painéis fotovoltaicos ou hidrogeradores). A AccorHotels e o CEA replicarão no futuro estas tecnologias em unidades-piloto para as testar em ambiente hoteleiro, para depois aplicá-las em grande escala.

O Energy Observer será batizado em Paris em 2016 antes de iniciar a sua volta ao mundo de 2.000 dias de navegação, por 50 países e 101 escalas. A maquete do barco é apresentada em exclusivo durante a COP21, nos dias 4 e 5 de dezembro, no Bourget no stand do Instituto Nacional da Energia Solar francês.

Esta colaboração vai juntar as equipas técnicas de HotelInvest, os cientistas do Liten (Laboratório de Inovação para as Tecnologias das Novas Energias e os Nano materiais), o Instituto de CEA Tech, especialistas em energias renováveis, assim como os navegadores Victorien Erussard e Frédéric Dahirel. Percorrendo os mares e ao longo das 101 escalas pelo mundo, a equipa do Energy Observer tem por missão testar as mais recentes e inovadoras tecnologias em matéria de energias limpas.

Florence Lambert, diretor do Instituto Liten de CEA Tech explica: “sendo o maior player francês da transição energética, o Liten encontra naturalmente o seu lugar como parceiro tecnológico nesta aventura humana que demonstrará todo o potencial das energias renováveis.”

Victorien Erussard, capitão e diretor do projeto para o Energy Observer acrescenta: “A partir do próximo ano, vamos percorrer os mares do globo. A bordo do Energy Observer, contamos com mulheres e homens pluridisciplinares – cientistas, investigadores, engenheiros e artistas de todos os horizontes. Iremos ao encontro de todos os que, no mundo, desenvolvem e utilizam soluções inovadoras e que respeitam o planeta. O nosso objetivo é de juntar todas estas energias e de as transformar numa verdadeira força, capaz de convencer os decisores que é tempo de agir e de se comprometer na terceira revolução industrial: a das energias renováveis.”

A AccorHotels comprometeu-se há mais de 20 anos com o desenvolvimento sustentável através do seu programa PLANET 21. Desde 2011, o grupo reduziu em 4,5% o seu consumo de energia e em 3,8% as suas emissões de CO2 no seu parque de hotéis filiais e em gestão. A HotelInvest tem, este ano, reforçado o seu compromisso em favor da construção sustentável ao escolher a certificação sistemática segundo os standards de performance ambientais e energético (HQE, LEED, BREEAM, DGNB) dos hotéis filiais construídos a partir de 2015.