ADENE debate a inovação tecnológica da energia nas cidades do futuro

ADENE debate a inovação tecnológica da energia nas cidades do futuro

Categoria Ambiente, Energia

Saber para onde vamos na eficiência energética dos edifícios é crucial para antecipar o futuro e capturar o valor das oportunidades inerentes à reabilitação urbana. Foi nesse tema que se centrou a Conferência promovida pela Agência para a Energia (ADENE), em parceria com a “Vida Imobiliária”, que se realizou ontem, dia 10 de abril, no âmbito da Semana da Reabilitação Urbana, e que contou com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.

A conferência foi marcada pela abertura de Manuel Boia, administrador da ADENE, que falou sobre a reabilitação e a oportunidade para a eficiência energética, nomeadamente através do certificado energético, ferramenta alvo da “Certificar é valorizar”, lançada no início do mês. O tema do desempenho energético atual do parque edificado ficou a cargo de Rui Fragoso, diretor do Departamento de Edifícios da ADENE que abordou ainda a forma como o mercado está a usar a inovação para responder ao desafio da eficiência energética, adiantando-se em relação às exigências legais.

Uma abordagem sobre a sustentabilidade das nossas cidades, nas suas dimensões económica, social e ambiental, foi debatida no painel dedicado a Energia & Cidade – Uma visão global, que contou com a colaboração do arquiteto Duarte Nunes e de Manuel Duarte Pinheiro, professor do Instituto Superior Técnico.

Por fim, a proposta de etiquetagem de eficiência dos componentes, que promete ser um passo essencial para aprofundar a sustentabilidade dos edifícios e das nossas cidades foi explicada por Paulo Santos, coordenador da iniciativa Classe +, da ADENE.  A iniciativa de etiquetagem energética de produtos CLASSE+ será um importante instrumento para a distinção e captação de valor em contexto de reabilitação, explicou.