Água Serra da Estrela e Ikea reforçam projecto de reflorestação

Categoria Ambiente, Florestas

A Água Serra da Estrela e a Ikea iniciaram uma nova fase da parceria sustentável que visa a plantação de 35 mil novas árvores em Portugal, contribuindo assim para a reflorestação na zona da Serra da Estrela e das áreas florestais mais atingidas pelos incêndios do último Verão.   A parceria entre a Água Serra da Estrela e a IKEA nasceu em 2011 e consiste na plantação de uma nova árvore por cada 30 garrafas de água da marca vendidas nas lojas IKEA. Em 2015, o número de árvores a plantar corresponde ao número de garrafas vendidas em 2013 e 2014.   No âmbito da parceria e para assinalar o Dia Mundial da Árvore, no dia 21 de Março, os colaboradores e familiares da Sumol+Compal e Ikea irão fazer uma plantação de árvores no Parque Natural Sintra – Cascais. As árvores a plantar foram escolhidas pelos técnicos do Parque e serão instaladas nas margens da linha de água do Monge – Perímetro Florestal da Serra de Sintra, com o objectivo de recuperar o bosque ripícola característico daquela área.   A parceria entre Água da Serra da Estrela, o Ikea e o Instituto de Conservação de Natureza e das Florestas (ICNF) tem angariado muitas árvores, que o ICNF tem vindo a instalar em áreas sujeitas ao regime florestal, com maior destaque no Parque Natural da Serra da Estrela e na Reserva Natural da Serra da Malcata.     O Parque Natural de Sintra Cascais acolhe mais uma vez, na Serra de Sintra, uma iniciativa dos colaboradores das empresas envolvidas na parceria. Este ano a proposta é recuperar uma área muito atingida pelos temporais de 2013 e 2014, plantando espécies autóctones ripícolas na envolvente da linha de água do Monge. “No entanto, mais do que plantar árvores, o grande objectivo do ICNF é recuperar os bosques autóctones. E daí, que gostaríamos de convidar todos os envolvidos na parceria, a acompanhar as intervenções que têm sido desenvolvidas no Parque Natural de Sintra Cascais, para controlar a vegetação exótica invasora e recuperar os nossos bosques autóctones.” explicou a Dra Jesus Fernandes, Directora de Departamento de Conservação da Natureza e Florestas de Lisboa e Vale do Tejo.   A iniciativa, integrada na estratégia de sustentabilidade e cidadania responsável de ambas as empresas, vai continuar ao longo deste ano, cabendo ao ICNF a plantação das restantes espécies nas principais áreas florestais do país. As espécies seleccionadas serão escolhidas de acordo com as características das regiões a plantar e enquadradas nas necessidades específicas de cada zona.