Águas de Coimbra investe cerca de 220 mil euros na setorização da rede para controlar perdas

Águas de Coimbra investe cerca de 220 mil euros na setorização da rede para controlar perdas

Categoria Advisor, Empresas

A Águas de Coimbra concluiu a empreitada de instalação de 27 caudalímetros no sistema de abastecimento de água, o que permitiu aumentar para 128 as zonas de medição e controlo (ZMC), refere a empresa municipal em comunicado.

Ao longo dos últimos anos, a Águas de Coimbra tem vindo a apostar na setorização da rede como forma de melhorar o controlo dos sistemas, detetando com maior precisão as roturas e perdas que possam ocorrer, e atuando sobre elas de forma mais eficaz. A execução da empreitada de “aumento da setorização e medição do sistema de abastecimento de água – instalação de 27 caudalímetros” vem delimita um maior número de ZMC, ficando cada uma delas com uma extensão inferior a 10 quilómetros.

O nível de perdas de qualquer entidade gestora traduz-se em problemas de índole económico-financeira, ambiental e de fiabilidade no abastecimento de água aos clientes. Por esse motivo, a empresa municipal tem adotado, nos últimos anos, uma política de monitorização do sistema de distribuição, recorrendo, para isso, a novos métodos de gestão, apoiados pela mais recente tecnologia. Desta forma, tem-se conseguido alcançar um maior controlo dos caudais e da pressão na rede. Também neste âmbito, do controlo de perdas de água, as equipas de campo têm dado um valioso contributo com os resultados do trabalho de sondagem dos sistemas.

Esta empreitada exigiu um investimento da Águas de Coimbra de cerca de 220 mil euros, tendo sido comparticipada pelo Fundo de Coesão da União Europeia, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos – POSEUR.