Águas de Santo André apresenta resultados do Programa de Monitorização do Ambiente Marinho

Águas de Santo André apresenta resultados do Programa de Monitorização do Ambiente Marinho

Categoria Advisor, Investigação

O Programa de Monitorização do Ambiente Marinho vai ser apresentado ao público no próximo dia 19 de outubro, segunda-feira, pelas 11h, no Auditório da AICEP, em Sines, e será transmitido em livestreaming na página de facebook da Águas de Santo André, S.A (AdSA).

Segundo o comunicado desta entidade, o estudo teve a duração de dois anos (2018-2020) e incluiu a “recolha de amostras de água e sedimentos no mar” para “determinar o impacte tanto ao nível da qualidade da água, como da preservação dos ecossistemas”. Uma análise preliminar do relatório final refere também que o meio aquático onde é efetuada a descarga proveniente da ETAR de Ribeira dos Moinhos via Emissário Submarino da zona costeira de Sines tem uma “elevada qualidade e diversidade ecológica dos habitats em todos os locais amostrados”.

A sessão presencial decorrerá segundo as normas estabelecidas pela DGS e contará com a presença de Nuno Mascarenhas, presidente da Câmara Municipal de Sines, de João Neves, administrador do Grupo Águas de Portugal, de Luís Faísca, presidente do Conselho de Administração da Águas de Santo André; e do professor Catedrático do Instituto Superior Técnico, José Saldanha Matos.

No mesmo comunicado, a AdSA recorda que a ETAR de Ribeira dos Moinhos é a única ETAR Industrial do Grupo Águas de Portugal, servindo a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), incluindo lixiviados provenientes de aterros e água residual proveniente de fossas séticas.

A Águas de Santo André, S.A, está comprometida em continuar a reforçar o investimento na região para contribuir para a qualidade de vida das populações que serve, bem como para a preservação da qualidade do meio ambiente, sendo um pilar fundamental para o desenvolvimento sustentável da região afirmando-se como uma empresa de referência no setor do ambiente em Portugal.

Foto: Águas de Santo André (Facebook)