Águas de Santo André lança empreitada para aumentar resiliência do sistema de drenagem de Água Residual

Águas de Santo André lança empreitada para aumentar resiliência do sistema de drenagem de Água Residual

Categoria Advisor, Empresas

A Águas de Santo André (AdSA) acaba de anunciar o lançamento do concurso público para a execução da Empreitada para construção do novo “Emissário da Caixa da Barbuda à ETAR da Ribeira de Moinhos”, num valor de 2,5 milhões de euros de euros.

Esta obra, com uma duração prevista de 270 dias, irá permitir duplicar a ligação entre a Caixa de Reunião da Barbuda e a ETAR de Ribeira dos Moinhos, contribuindo assim para o aumento da resiliência do sistema de drenagem de Água Residual da AdSA e em concreto para a robustez do tratamento de águas residuais na ETAR de Ribeira dos Moinhos, lê-se num comunicado.

Este investimento é mais uma aposta da empresa na renovação do seus sistemas e inovação dos seus processos de tratamento, o que contribui para o aumento da fiabilidade do Sistema de Água Residual.

Na mesma nota, a AdSA recorda que lançou no início de fevereiro o concurso Público internacional para a execução da Empreitada para construção da nova “Adutora ETA de Morgavel – Reservatório de Monte Chãos”, representando um investimento que ronda os 13 milhões de euros.

A obra, segundo a empresa, irá promover um aumento significativo da resiliência do sistema de abastecimento de água industrial à Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS). O investimento irá permitir ter uma nova conduta adutora, paralela à conduta adutora existente, numa extensão total de cerca de 9,5 km, que garantirá o abastecimento de mais 20 milhões de m3 de água industrial à ZILS, reforçando assim a capacidade de resposta da AdSA perante o crescimento previsto para o complexo industrial de Sines.