Águas do Norte investe na estação elevatória da Preguiça

Águas do Norte investe na estação elevatória da Preguiça

Categoria Águas, Ambiente

Numa cerimónia presidida pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, e na qual estiveram presentes o presidente do Conselho de Administração da Águas do Norte, José Machado do Vale, e a presidente da Câmara de Mirandela, Júlia Rodrigues, foi assinado o auto de consignação relativa à empreitada de execução da estação elevatória da Preguiça.

A empreitada agora consignada envolve a construção de uma nova estação elevatória de águas residuais, que permitirá não só a desativação de uma antiga estação elevatória com mais de 20 anos de serviço, como também a realização de um pré-tratamento dos respetivos efluentes, melhorando a operacionalidade da ETAR de Mirandela, localizada a jusante desta infraestrutura.

Esta empreitada, designada como “Empreitada de Beneficiação da Estação Elevatória da Preguiça – SAR Mirandela”, foi lançada em concurso público através de anúncio publicado no Diário da República de 30 de janeiro de 2018, tendo sido adjudicada à empresa “CAPSFIL – Carlos Augusto Pinto dos Santos & Filho, S.A.” por contrato celebrado a 2 de outubro de 2018, pelo valor de 840.000,69 euros, com um prazo de execução de 365 dias.

Esta infraestrutura de elevação de águas residuais está localizada no limite sul da área urbana da cidade de Mirandela, entre a linha férrea e a margem esquerda do rio Tua, estando integrada no subsistema de saneamento de águas residuais de Mirandela, o qual, por sua vez, se encontra incluído no sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento gerido pela Águas do Norte.

Trata-se de uma instalação-chave porque recebe e encaminha todo o efluente produzido na cidade de Mirandela e zonas limítrofes, para tratamento posterior na ETAR de Mirandela, infraestrutura dimensionada para dar resposta a um equivalente populacional de cerca 26.500 hab. eq., ao qual corresponderá um caudal médio de 5.422 m3/dia, no ano de horizonte de projeto.

Com a conclusão desta empreitada, o efluente será conduzido para a ETAR de Mirandela após a realização de um pré-tratamento, que inclui a separação de grande parte das areias, gradados e gorduras das águas residuais afluentes a esta infraestrutura, o que melhorará significativamente o processo de tratamento da ETAR.

Águas do Norte

A Águas do Norte iniciou a atividade a 30 de junho de 2015 e, enquanto entidade gestora do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal, em “alta”, é responsável pela captação, tratamento e abastecimento de água para consumo público e pela recolha, tratamento e rejeição de efluentes domésticos, urbanos e industriais.

Assume ainda a exploração e gestão do sistema de águas da região do Noroeste, reunindo numa única entidade gestora, os serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais em “alta” (prestados aos Municípios) e em “baixa” (prestados aos utilizadores finais, os munícipes), de forma regular, contínua e eficiente.