Albufeiras começam a recuperar

Albufeiras começam a recuperar

O ano hidrológico 2014/2015 encerrou com o volume de armazenamento de água a aumentar em sete bacias hidrográficas e a descer em cinco, mostrando uma pequena recuperação das disponibilidades, avança o Jornal de Notícias.

Segundo o último boletim de armazenamento do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH), no último dia de outubro, oito das 60 albufeiras monitorizadas apresentavam disponibilidades hídricas superiores a 80% da sua capacidade e 13 estavam abaixo dos 40%.

À exceção das bacias do Lima, Mondego, Tejo e Sado, os níveis de armazenamento por bacia, em 31 de outubro (o ano hidrológico inicia-se em setembro do ano anterior), eram superiores às médias de armazenamento nesse mês no período 1990/91 a 2014/15).

Recorde-se que o país viveu desde março um período de seca, que atingia totalidade do território em agosto e se desagravou no final de setembro, quando 85% estava em situação de seca meteorológica.
No final de setembro, sete albufeiras apresentavam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e 12 encontravam-se em níveis inferiores a 40% da respetiva capacidade.