Alto Tâmega adere à Rede Internacional de Bio-Regiões

Alto Tâmega adere à Rede Internacional de Bio-Regiões

Os seis municípios do Alto Tâmega formalizam no dia 21 a adesão à Rede Internacional de Bio-Regiões, que pretende implementar estratégias de desenvolvimento rural mais sustentáveis e que envolvam toda a comunidade.

O concelho de Idanha-a-Nova foi o primeiro em Portugal a aderir à Rede Internacional Bio-Regiões, seguindo-se agora os municípios de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar, que fazem parte da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT).

Segundo disse esta quarta-feira a Câmara de Vila Pouca de Aguiar, citada pela agência Lusa, a adesão à Rede Internacional Bio-Regiões (International Network of Eco Regions – INNER) vai ser formalizada a 21 de novembro, dia em que se realiza a II Conferência Internacional sobre as Bio Regiões.

Com esta conferência, a INNER pretende “incentivar o nascimento de mais bio-regiões em Portugal, envolver toda a comunidade na gestão sustentável dos recursos locais, promover a cultura do biológico numa abordagem territorial, contribuir para um desenvolvimento atento à conservação dos recursos, o respeito do meio ambiente, a valorização dos diferentes locais e, desta forma, a qualidade de vida”.

Serão ainda abordadas as bio-regiões como novo modelo de desenvolvimento rural e aprofundado o exemplo de Idanha-a-Nova que é a única bio-região portuguesa.

Segundo a mesma fonte, na bio-região a “promoção dos produtos biológicos articula-se em associação com a promoção do território e das suas peculiaridades, para atingir um plano de desenvolvimento das potencialidades económicas sociais e culturais”.

O público-alvo deste evento são os agricultores, a comunidade escolar, os operadores turísticos, as associações e o poder local.

A conferência conta com a presença do secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas.

A comitiva da Rede Internacional de Bio-Regiões chega a Portugal na segunda-feira, dia em que começa o périplo pelos seis concelhos do Alto Tâmega, terminando a visita ao território no dia 22.