Arouca Geopark dinamizou ações em prol da natureza

Arouca Geopark dinamizou ações em prol da natureza

Os quatro voluntários do projeto “A voz da floresta do Arouca Geopark” dinamizaram, durante quinze dias consecutivos, ações de sensibilização e de conservação na área do vale do Paiva (Odivelas) e do planalto da serra da Freita.

A enxada e a foucinha foram ferramentas utilizadas que permitiram o início da construção de um charco, na área de Cabanas Longas, e o corte de fetos numa plantação de carvalhos no Merujal.  No Paiva, os visitantes e turistas enriqueceram o seu conhecimento, ao serem convidados a parar, observar e compreender a importância dos insetos, das rãs e dos cágados.

Citada em comunicado, Margarida Belém, presidente da Direção da AGA – Associação Geoparque Arouca, refere que “com este programa de voluntariado, estamos a envolver os cidadãos, demonstrando-lhes que a floresta é, simultaneamente, um recurso fundamental para gerar riqueza e sustentabilidade”.

Esta ação de voluntariado, promovida e dinamizada pela AGA, decorreu de 17 a 31 de julho, no âmbito da ação de longa duração “Voluntariado Jovem na Floresta – Juventude Ativa”, ao abrigo do Programa Agora Nós – Jovens Voluntários/as, promovido pelo IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude.