Assembleia da República aprova resolução para cancelar prospeção de petróleo na Batalha e em Pombal

Assembleia da República aprova resolução para cancelar prospeção de petróleo na Batalha e em Pombal

Categoria Ambiente, Energia

O parlamento, reunido em sessão plenária, aprovou esta sexta-feira um projeto de resolução de “Os Verdes” prevendo o cancelamento dos contratos de prospeção e exploração de hidrocarbonetos na Batalha e em Pombal.

Segundo a informação noticiada pela Lusa e apesar dos votos contra das bancadas de PS e CDS-PP, o texto mereceu o assentimento dos restantes grupos parlamentares, de três deputados socialistas (António Sales, Odete João e Margarida Marques), do deputado que dissociou da bancada do PS, Paulo Trigo Pereira, e do parlamentar único do PAN.

O projeto de lei do PAN pelo fim das concessões para exploração de hidrocarbonetos em todo o território e ao largo da costa foi chumbado com votos contra de PSD, PS, CDS-PP, PCP e o deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira, enquanto BE e PEV também votaram a favor da iniciativa.

Lê-se ainda que foi igualmente rejeitado o “projeto de resolução do BE para a suspensão imediata de concessões, explorações e extrações de petróleo e gás na região centro”, com votos contra de PS, CDS-PP e PCP, a abstenção do PSD e votos a favor dos outros partidos e de Paulo Trigo Pereira.

O PAN requereu a baixa sem votação por dois meses à respetiva comissão parlamentar do seu projeto de lei sobre a permissão da alimentação de animais errantes, tendo-se registado o acolhimento do pedido por unanimidade.