Banco Alimentar recebe 65 toneladas de arroz por reciclagem de cápsulas

Banco Alimentar recebe 65 toneladas de arroz por reciclagem de cápsulas

O Banco Alimentar Contra a Fome vai receber, este ano, 65 toneladas de arroz, em resultado da reciclagem de cápsulas de café Nespresso, no âmbito do projeto “Reciclar é Alimentar”. Dinamizado pela marca de café desde 2010, este é um projeto português, que desde esse período já angariou 386 toneladas de arroz para a instituição, o que equivale a mais de 7,5 milhões de porções de arroz.

A Nespresso recolhe as cápsulas usadas e separa o alumínio da borra de café. Enquanto o alumínio segue o seu processo normal de reciclagem, a borra de café é integrada num composto agrícola utilizado para fertilizar terrenos de arroz localizados no Alentejo. O arroz que aqui cresce é depois processado, controlado e embalado por parceiros nacionais, para posterior doação ao Banco Alimentar Contra a Fome.

“Pelo sétimo ano consecutivo, expressamos o nosso agradecimento à Nespresso que criou um programa de sustentabilidade de raiz, pensado para ajudar o Banco Alimentar Contra a Fome”, refere Isabel Jonet, presidente da instituição social. “Esta iniciativa é um excelente exemplo de como as empresas podem fazer a diferença no plano ambiental e social”, acrescenta.

“A Nespresso tem em curso uma estratégia de reciclagem que pretende, entre outras matérias, sensibilizar e promover a prática da reciclagem entre os nossos clientes tendo em vista o cumprimento dos compromissos assumidos até 2020, no âmbito do programa de sustentabilidade da marca The Positive Cup. ‘Reciclar é Alimentar’ é uma face visível da nossa estratégia e incentiva à colaboração e participação dos nossos clientes na reciclagem de cápsulas de café Nespresso”, afirma Stefano Goglio, diretor-geral da marca em Portugal.

Os clientes da Nespresso acabam por ter um forte contributo, através da ativa participação na entrega de cápsulas, o que “permite que o projeto seja uma realidade ano após ano”, segundo o comunicado enviado à comunicação social.

A entrega das cápsulas usadas pode ser feita em mais de 290 pontos de recolha, espalhados pelo país, incluindo Boutiques, pontos de Venda Parceiros e rede Pick-up-Points, entre outros. No âmbito da estratégia de reciclagem, apresentada hoje, a Nespresso vai, inclusive, passar a recolher as cápsulas usadas para reciclar no momento da entrega de uma nova encomenda, efetuada por telefone.