Basta plantar seis árvores por mês para compensar a sua pegada de carbono

Basta plantar seis árvores por mês para compensar a sua pegada de carbono

O dia 26 de janeiro é o Dia Mundial da Educação Ambiental. Esta efeméride foi instituída pelas Nações Unidas em 1975, de forma a despertar a consciência da necessidade de proteger o ambiente. Passados 45 anos, os efeitos das alterações climáticas são vistos todos os dias nas notícias. Existe uma forma simples, barata e eficiente de combater as alterações climáticas: plantar uma árvore. Graças a plataformas de reflorestação, como a Tree-Nation, que já plantou mais de 50.000 árvores desde o dia 1 de janeiro de 2020, todas as pessoas podem plantar árvores sem terem de sair de casa.

As árvores possuem uma função dupla essencial para o crescimento da vida na Terra. Tal como os oceanos, as árvores são um dos principais mecanismos de captura de emissões de carbono no planeta: especialmente durante a sua fase de crescimento. As árvores absorvem dióxido de carbono (CO2) da atmosfera e armazenam-no. As árvores também produzem oxigénio, que é essencial para que consigamos respirar. De facto, as plantas e as algas são responsáveis por tornar a superfície do nosso planeta habitável. Desta forma, o planeta Terra poderá não ser a casa das futuras gerações se o ritmo atual de desflorestação e degradação dos mares e oceanos se mantiver.

O dióxido de carbono gerado por uma pessoa num mês é o equivalente a seis árvores
Em média, cada pessoa produz à volta de 6 toneladas de CO2 por ano. Apesar de existirem maiores variações em regiões mais globais, como a Europa, onde, em média, cada pessoa produz à volta de 9 toneladas de CO2 por ano, segundo dados do Eurostat. Este é um valor muito mais elevado do que aquele que se verifica em países em desenvolvimento, onde uma pessoa produz, em média, 2 toneladas por ano. Estas emissões são produzidas principalmente pelo sector dos transportes, da indústria, de geração de energia e outras atividades.

Na recente conferência das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (COP25, que se realizou em Madrid, os países participantes não conseguiram chegar a acordo na forma como limitam as emissões desses gases de efeito de estufa. As boas notícias são de que, enquanto os governos continuam a não se decidir, os cidadãos podem tomar uma atitude ao plantar árvores.

Plantar seis árvores por mês é suficiente para compensar as emissões de dióxido de carbono que produzimos, tendo em conta a média anual global de cerca de 6 toneladas de dióxido de carbono por pessoa. Existem várias formas de se tornarem plantadores. No entanto, está demonstrado que os projetos de reflorestação, geridos por profissionais, em áreas protegidas e com espécies escolhidas especialmente, dão mais garantias. Plataformas como a Tree-Nation permitem que as árvores sejam plantadas através da Internet.

Através da colaboração com entidades locais, a Tree-Nation gere atualmente mais de 190 projetos de plantação com 300 espécies em 33 países de 4 continentes, a maior oferta disponível atualmente. No site da Tree-Nation, o processo de plantação está estruturado de forma simples, permitindo que até as crianças o possam fazer com a supervisão de um adulto. Depois de plantada, é criado um link único que mostra a quantidade de dióxido de carbono compensada, tal como a informação sobre o projeto de reflorestação, incluindo a sua localização geográfica, entre outros dados.

“No Dia Mundial para a Educação Ambiental, devemos todos envolver-nos e tomarmos uma atitude para combater as alterações climáticas. Plantar uma árvore, ao colaborar com um dos projetos que gerimos na nossa plataforma é uma forma excelente para aumentar a consciencialização do problema para as gerações mais novas sobre a necessidade de proteger as florestas e minimizar o impacto das nossas emissões de dióxido de carbono”, afirma Maxime Renaudin, fundador e director da Tree-Nation.

Mais de 130.000 pessoas e quase 2.200 empresas já participaram nos projetos de plantação da Tree-Nation. Cada utilizador tem a sua própria floresta, que pode partilhar com outros utilizadores, para que sejam convidados a que se juntem ao projeto de reflorestação. Plantar árvores de forma a oferecê-las como um presente com uma mensagem personalizada também é possível. As empresas também podem aceder a dados sobre a quantidade de árvores plantadas, a compensação de emissões de dióxido de carbono, etc, de forma a inclui-los em relatórios corporativos de responsabilidade social.

Foto cedida pela Tree-Nation