BEI empresta 50 milhões ao BPI para apoiar eficiência energética em Portugal

BEI empresta 50 milhões ao BPI para apoiar eficiência energética em Portugal

Categoria Advisor, Empresas

O Banco Europeu de Investimento (BEI) atribuiu 350 milhões de euros ao banco BPI, incluindo um empréstimo de 300 milhões de euros para financiar investimentos realizados por pequenas e médias empresas (PME) e 50 milhões destinados ao financiamento de investimentos de empresas na área de eficiência energética em Portugal, independentemente da dimensão, anunciou esta quinta-feira o BPI.

Os dois financiamentos foram assinados esta quinta-feira, em Lisboa, pelo vice-presidente do BEI, Román Escolano e pelo presidente do BPI, Fernando Ulrich.

De acordo com o comunicado, o empréstimo de 50 milhões de euros realiza-se ao abrigo do novo Instrumento de Financiamento Privado para a Eficiência Energética, uma iniciativa conjunta do BEI e da Comissão Europeia, que visa promover o desenvolvimento da eficiência energética e também, os pequenos investimentos em energias renováveis, realizados “principalmente, pelo setor empresarial em Portugal”.

O mesmo documento explica ainda que o empréstimo vai apoiar investimentos em Portugal como o “melhoramento de coberturas, paredes, janelas e equipamentos energéticos em edifícios, modernização de sistemas de iluminação e instalação de tecnologias, que permitirão a utilização de energia limpa na produção industrial para auto-consumo”. Desta forma, vai também contribuir para reduzir as emissões de dióxido de carbono.

Já os 300 milhões de euros vai disponibilizar taxas de juro vantajosas e com prazos alargados para as PME portuguesas, com vista à promoção do crescimento económico e da criação de emprego em Portugal.