Beltrão Coelho recebe Certificado Energético da Frota da ADENE

Beltrão Coelho recebe Certificado Energético da Frota da ADENE

Categoria Advisor, Empresas

A Beltrão Coelho acaba de anunciar em comunicado que foi a vencedora do “Prémio Frota Verde” da edição deste ano dos “Prémios Fleet Magazine”, na sequência da “alteração da frota para veículos 100% elétricos”, que potenciou uma “redução nas emissões de dióxido de carbono (CO2) em 32,6%, de 2018 para 2019″.

A diretora-geral da Beltrão Coelho, Ana Cantinho, sublinha que “se há um ano havia dúvidas sobre esta mudança, hoje podemos dizer que foi claramente uma aposta ganha. Não só porque os nossos colaboradores que andam na rua sentem uma melhoria no seu bem-estar durante o trabalho, ao conduzir carros com menos ruído e maior conforto. Além disso, queremos continuar a ser uma empresa modelo e contribuir para a preservação do meio ambiente”.

Para avaliar este prémio, a Agência para a Energia (ADENE) avaliou o trabalho desenvolvido em prol de uma “maior racionalização energética do uso das viaturas”, refere a nota. As empresas concorrentes tiveram de submeter à ADENE dados que permitissem avaliar o trabalho em diversos parâmetros, dos consumos às emissões, da classe energética do pneu às práticas de condução, bem como a política de seleção e aquisição de viaturas. Essa avaliação seguiu os princípios da metodologia baseada no Sistema de Certificação Energética de Frotas MOVE+ desenvolvido pela ADENE, tendo a Beltrão Coelho saído vencedora e recebendo, assim, um Certificado Energético da Frota emitido pela ADENE.

Em dezembro do ano passado, a empresa começou a renovar a sua frota de carros destinados a técnicos e à equipa comercial, adquirindo um total de 17 veículos automóveis 100% elétricos, do modelo Renault Zoe, num investimento de cerca de 300 mil euros. O processo de mudança ficou concluído em fevereiro de 2019, tendo a empresa investido, ainda, na instalação de cinco postos de carregamento nas suas instalações.

Ao todo, em 2018, a Beltrão Coelho emitiu 78.539 kg de CO2 para a atmosfera. Com a renovação da frota, que além dos 17 veículos elétricos conta também com 4 veículos de combustível convencional, a Beltrão Coelho estima chegar ao final do ano com emissões de 52.932 kg de CO2, menos 32,6% do que em 2018.

Uma medida inserida nos planos de modernização da empresa portuguesa, atualmente com 71 anos no mercado. Em setembro passado, a Beltrão Coelho foi reconhecida pelas suas boas práticas na redução dos impactes ambientais pela Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE), com uma menção honrosa na categoria “Ambiente – Redução e Impactes”.

Foto cedida pela Beltrão Coelho