Boyan Slat – o jovem holandês que quer salvar os oceanos

Boyan Slat – o jovem holandês que quer salvar os oceanos

Segundo o Jornal i, Boyan Slat, holandês, tem apenas 21 anos, mas arrisca ver o nome impresso nas páginas da história da preservação ambiental por ser o jovem que vai libertar os oceanos das ilhas de plástico. Slat tinha apenas 19 anos quando encontrou uma solução para este problema e, passados dois anos, já conseguiu reunir milhões de euros para o seu projeto.

Até Boyan Slat, ninguém tinha encontrado uma solução que parece ter tanto de simples como eficaz. “Desenvolvi este sistema passivo que está ligado ao fundo do mar e permite ao oceano limpar-se a si mesmo”. O estudante desenvolveu uma tecnologia que aproveita as correntes marítimas e, usando um sistema de drenagem gigante – uma peneira montada em ilha, em pleno oceano -, retira do mar pedaços de plástico que acompanham as correntes. “A maior parte dos plástico ainda tem uma dimensão considerável e não se fragmentou em partículas de microplástico, o que significa que é, na verdade, mais fácil de limpar do que imaginávamos e podemos limpá-lo antes de se transformar naquelas partículas de microplástico bastante perigosas”, explica Boyan. Depois de recolhidas, essas toneladas de plástico são encaminhadas para um centro de transformação para que possam voltar a ser utilizadas