Brambles promove novas soluções de economia circular no workshop de aceleração da Ellen MacArthur Foundation

Brambles promove novas soluções de economia circular no workshop de aceleração da Ellen MacArthur Foundation

Categoria Advisor, Empresas

A Brambles participou recentemente enquanto oradora no Workshop de Aceleração do CE100, que decorreu entre os dias 4 e 6 de dezembro, em Estocolmo. O CE100 é a maior rede de economia circular no mundo gerida pela Ellen MacArthur Foundation (EMF), líder mundialmente reconhecida em matéria de economia circular.

O evento centrado no tema “Impulsionadores da Economia Circular” reuniu empresas líderes do sector, inovadores emergentes, redes afiliadas, autoridades governamentais, regiões e cidades com o objetivo de aumentar a capacidade circular, abordar os obstáculos ao progresso comuns, tomar conhecimento das condições promotoras necessárias e orientar as práticas circulares num ambiente colaborativo e pré-competitivo.

Durante a sessão plenária “O setor privado enquanto impulsionador”, a Brambles apresentou o respetivo programa Zero Waste World, que consiste numa colaboração em rede para empresas líderes que estão empenhadas em criar cadeias de abastecimento mais inteligentes e sustentáveis, com incidência na eliminação do desperdício alimentar, na erradicação de quilómetros de transporte em vazio e no corte nas ineficiências.

Enquanto pioneira do modelo “Partilhar e reutilizar”, a Brambles foi convidada a integrar uma mesa-redonda focada em repensar as embalagens de forma a promover a mudança do paradigma do descartável para o reutilizável.  “Embora concentremos normalmente as nossas atenções nos hábitos dos consumidores, nas cidades, no desperdício de materiais, nas energias fósseis ou nas embalagens primárias, a cadeia de abastecimento está discretamente a procurar ter um impacto significativo no ambiente, ao reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e o desperdício de embalagens”, afirma Marianne Richeux, european lead do programa Zero Waste World.

“As nossas plataformas são partilhadas e reutilizadas por 500.000 intervenientes dos setores automóvel e dos bens de consumo rápido, abrangendo toda a cadeia de abastecimento. Este sistema de pooling elimina o conceito de desperdício e introduz circularidade nas cadeias de abastecimento dos nossos clientes”, adiciona.

Annette Lendal, senior research analyst na equipa New Plastics Economy da fundação, afirmou o seguinte: “O sistema linear take-make-waste já não está a resultar para as empresas, as pessoas e o ambiente. Extraímos recursos finitos do solo para fabricar produtos que, muitas vezes, são concebidos para serem utilizados uma única vez e, em seguida, serem deitados fora. A economia circular é uma oportunidade para deixarmos de recorrer a esta abordagem e, em vez disso, eliminarmos o desperdício e a poluição, mantermos os produtos e materiais em utilização e regenerarmos os sistemas naturais. Numa nova economia de plásticos, eliminamos artigos em plástico problemáticos e desnecessários, inovamos para garantir que os plásticos de que precisamos são reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis e fazemos circular todo o plástico que utilizamos para o manter na economia e fora do meio ambiente.”

A Brambles é membro da Foundation’s Circular Economy CE100 desde 2015. A Ellen MacArthur Foundation acredita que a maioria dos negócios globais sabe que, para permanecerem competitivos, têm de ter a economia circular no cerne da sua estratégia. O sucesso implica envidar esforços individuais significativos, mas os intervenientes sérios também reconhecem a necessidade de trabalhar em conjunto de forma a criar novos mercados.