CadRedes: gestão mais eficiente das águas na Cova da Beira

CadRedes: gestão mais eficiente das águas na Cova da Beira

Categoria Águas, Ambiente

Foi aprovado pelo programa POSEUR, o projeto cadRedes, que faz o cadastro das redes de saneamento e abastecimento dos aglomerados urbanos da Associação dos Municípios da Cova da Beira, visando uma gestão mais eficiente dos serviços

Este projeto pretende complementar uma lacuna relativa à informação geográfica em termos de cadastro das infira-estruturas dos municípios envolvidos na candidatura: Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Oliveira do Hospital, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal e Seia.

A operação visa, deste modo, a realização de informação que permita uma gestão eficiente dos serviços, através da elaboração de cadastro das infraestruturas existentes dos sistemas em baixa dos municípios envolvidos, numa perspetiva de intervenções futuras, designadamente associadas a perdas ou situações de deficiência em redes de abastecimento de água, ou associadas a colapsos e infiltrações e funcionamento deficiente em redes saneamento e águas residuais. Atualmente o investimento envolvido e aprovado é de cerca de 3.161.728,33€.

“É um grande investimento dos Municípios que visa recolher informação sobre todos os problemas relativos as redes de águas e saneamento, permitindo promover ações com vista a resolução dos mesmos, o que permitirá também o conhecimento efetivo do seu património”, disse José Manuel Biscaia.