Câmara de Viseu inicia operação de erradicação de três milhões de copos descartáveis

Câmara de Viseu inicia operação de erradicação de três milhões de copos descartáveis

A Câmara Municipal de Viseu promove a partir de hoje um projeto ambiental de erradicação de plástico descartável, com o objetivo de acabar com três milhões de copos daquele material só no verão.

“A partir de hoje, arranca uma operação de erradicação da utilização de copos de plástico descartáveis, substituindo-os por um copo reutilizável e, portanto, ambientalmente mais responsável”, disse à agência Lusa o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Viseu.

Jorge Sobrado explicou que o número de “três milhões de copos corresponde àquilo que foi a produção de resíduos do verão do ano passado do centro histórico de Viseu”, uma das zonas de concentração de restaurantes e bares na cidade.

“Cada utilizador tem a possibilidade de usar um copo, durante toda a sua experiência, durante todo o consumo que realizar durante essa noite. Esse copo é utilizado sob caução. É entregue ao consumidor no primeiro ato de compra e depois poderá devolvê-lo na loja ou no café ou bar onde o adquiriu, recebendo de retorno a caução que entregou, de 0,50 euros”, explicou.

Este responsável esclareceu ainda que esta operação de erradicação do plástico descartável “é voluntária”, mas “conta já com o entusiasmo e a recetividade da generalidade dos operadores do centro histórico”.

O Mescla, que arranca hoje na cidade, “é o primeiro festival da cidade a assumir um grande desígnio ambiental, e, neste caso, esse desígnio ambiental é aproveitar este grande encontro de públicos e de agentes para fazer um virar de página nas práticas ambientais no centro histórico”.

“É um copo que tem um largo conjunto de utilizações possíveis, pode ser reutilizado inúmeras vezes”, acrescentou o vereador, à semelhança dos copos que foram introduzidos, pela primeira vez, na edição do ano passado da Feira de São Mateus e no Festival Internacional de Folclore, o Europeade, que se realizou em Viseu, em 2018.