“Campolide Sem Beatas” quer acabar com o descarte de beatas na via pública e promover espaços verdes

“Campolide Sem Beatas” quer acabar com o descarte de beatas na via pública e promover espaços verdes

Esta segunda-feira, dia 3 de maio, Campolide vai ser palco de uma ação de sensibilização que visa responder ao flagelo que é o habitual descarte de beatas na via pública. Com o objetivo de inverter o hábito, “Campolide Sem Beatas” decorre numa altura em que as pessoas voltam com mais regularidade às ruas da freguesia: “Queremos promover espaços mais verdes para todos. Essa é uma das nossas prioridades”, disse André Couto, presidente da Junta de Freguesia de Campolide, em entrevista à Ambiente Magazine.

A ter lugar às 11h00, a ação de sensibilização vai decorrer na zona mais movimentada de Campolide: “Vamos fazer a distribuição de cinco mil cinzeiros de bolso à população, restauração e comércio local, fazendo chegar a nossa mensagem a todos aqueles com quem nos cruzarmos”.

De acordo com o autarca, a freguesia de Campolide já tem sido palco de inúmeras iniciativas deste âmbito. Desta vez, com o contributo da Imperial Brands, a freguesia teve a oportunidade de reforçar aquele que é um dos seus compromissos: “zelar pelo meio ambiente”, declara. A grande ambição é que esta ação seja um “exemplo de cidadania” para a freguesia, mas também para a “cidade de Lisboa”, sublinha.

Também, na Imperial Brands o investimento na sustentabilidade e na redução do impacto para o ambiente dos cigarros não é novo: “Temos um claro compromisso com esta responsabilidade social e ambiental, evidenciado pelas várias iniciativas que temos levado a bom porto, neste âmbito”, afirma Miguel Simões, diretor-geral da Imperial Brands Portugal e Andorra

“A proximidade é a melhor política”, diz o responsável, destacando ser esse o motivo pela qual a empresa opta por, habitualmente, escolher estabelecer parceiras com juntas de freguesia: “Nem sempre é fácil promover novos comportamentos nas comunidades em que nos inserimos”. Por isso, o “esforço conjunto” entre instituições locais, restauração, comércio e cidadãos é, para Miguel Simões essencial para “criar as sinergias necessárias para a mudança.”.

A opção por Campolide é inquestionável: “A Junta de Freguesia tem um papel muito ativo e diferenciador que chega aos mais jovens e aos mais seniores, seja através das redes sociais seja no contacto direto, de rua.

Se ação vai estender-se a outras freguesias, Migue Simões é perentório: “A Imperial Brands estará sempre disponível para dinamizar estas iniciativas junto das entidades locais que tenham vontade de agir em nome do ambiente e da comunidade”.

Cristiana Macedo