Carros elétricos novos ainda sem direito a cheque

Carros elétricos novos ainda sem direito a cheque

Os incentivos do governo para comprar carros elétricos ainda não estão disponíveis, noticia o jornal de Negócios. O cheque de 2250 previsto para os primeiros mil veículos elétricos comprados este ano ainda não foi disponibilizado. Esta situação foi revelada pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), na terça-feira.

“Neste momento quem comprar um carro elétrico terá alguma dificuldade em obter já este subsídio e estará à espera”, revelou o secretário-geral da ACAP, Hélder Pedro. O responsável sublinhou, no entanto, que o cheque “será atribuído certamente mas com atraso”. A ACAP diz que espera agora “para ver qual será a forma dos clientes obterem o incentivo junto do Fundo Ambiental”.

Por seu turno, a Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE) explica que ainda não está disponível na internet o formulário que os compradores têm de preencher para receber este cheque.

Na conferência de imprensa de apresentação dos resultados anuais, a ACAP também defendeu o regresso do incentivo ao abate, que terminou no final de 2010, apontando para os seus benefícios, pois o parque automóvel nacional tem uma idade média de 12,3 anos.

A associação também já iniciou conversações com o Governo no sentido de atualizar a legislação de portagens. É que a legislação europeia obriga a que os novos automóveis ligeiros sejam mais altos no eixo da frente, mas o problema é que estes carros pagam mais nas portagens em Portugal.