Casal de pandas da China chega à Holanda

Casal de pandas da China chega à Holanda

Um casal de pandas desembarcou na noite de quarta-feira no aeroporto internacional de Amesterdão, Holanda, proveniente da província chinesa de Sichuan, noticia hoje a Lusa. O macho Xing Ya e a fêmea Wu Wen, de três anos, foram transportados em jaulas para o jardim zoológico de Ouehand, em Rhenen, uma cidade de cerca de 20 mil pessoas no centro da Holanda.

As duas crias vão ficar em quarentena durante várias semanas antes de serem exibidas ao público. Os pandas vão viver num ambiente recriado ao estilo chinês, com áreas interiores e exteriores e um frigorífico com a comida favorita: bambu.

Durante décadas, a China tem agraciado as nações amigas com a mascote nacional, uma estratégia conhecida por “diplomacia dos pandas”. Mais recentemente, o país asiático tem feito empréstimos a jardins zoológicos em termos comerciais. A maior parte dos empréstimos dura entre 10 e 15 anos. A China cobra até um milhão de dólares por ano, por panda, e muitos jardins zoológicos estão dispostos a pagar a quantia porque os pandas atraem mais visitantes e aumentam as receitas dos zoos, especialmente se forem crias.

Estima-se que cerca de 420 pandas vivam em cativeiro em jardins zoológicos e reservas, a maioria na China, e outros 1.864 em habitat selvagem.