Celebre o Dia de Carnaval no Jardim Zoológico

Celebre o Dia de Carnaval no Jardim Zoológico

No dia 25 de fevereiro, Dia do Carnaval, o Jardim Zoológico convida-o a celebrar o dia com as mais recentes crias do Zoo: uma zebra e quatro suricatas. Com menos de dois meses de idade, as novas crias nascidas no início do ano já “podem ser vistas a explorar a instalação, sob o olhar atento dos membros do grupo”, refere o Zoo em comunicado.

Do padrão de riscas pretas e brancas inconfundível das zebras, à pelagem com manchas negras em torno dos olhos, das suricatas, muitas são as “máscaras” que transformam um habitat monocromático, como a savana, num lugar animado por diferentes formas e cores. No “dia das máscaras”, a camuflagem e outras estratégias de adaptação ao habitat, vão ser desvendadas em diferentes atividades preparadas a pensar em si e na sua família.

Na casinha do Lidl, na zona de acesso livre do Jardim Zoológico, vai poder dar largas à imaginação, através da construção de máscaras de carnaval, e participar em divertidos jogos didáticos. Já no interior do Zoo, na Quintinha do Lidl, os mais pequenos vão poder escolher e “vestir” a sua máscara, no espaço das pinturas faciais, e participar em família nos workshops gratuitos que, num formato dinâmico e divertido, vão desvendar estratégias de sobrevivência que estão por trás das cores e padrões de diferentes animais.

Também a pensar nas famílias que procuram fazer desta uma inesquecível terça-feira de Carnaval, o Jardim Zoológico preparou, em conjunto com o Clubefashion.com, um pack de desconto para utilização exclusiva neste dia. A oferta deverá ser adquirida com antecedência no site do parceiro e inclui duas entradas de adulto, uma entrada de criança e atribui ainda uma viagem no comboio do Zoo a cada utilizador. Tudo por 38,99€ (em vez de 61,50€).

Nascida no dia 1 de janeiro, e depois de cerca de 13 meses de gestação, a pequena Zebra-de-grevy (Equus grevyi), foi a primeira cria registada em 2020 pelo Jardim Zoológico. Poucas horas após o nascimento e também como estratégia de sobrevivência, a pequena zebra conseguiu colocar-se de pé e andar, acompanhando logo a progenitora. Já as Suricatas (Suricata suricatta), nasceram no dia 10 de janeiro, após 11 semanas de gestação. O nascimento ocorreu no interior dos túneis construídos pelo grupo na instalação, onde as crias permaneceram nas primeiras semanas de vida, enquanto foram amamentadas, começando apenas agora a aparecer aos visitantes.

Os programas de conservação desenvolvidos em torno dos animais de savana, como por exemplo o Programa de Conservação in situ da Zebra-de-grevy no qual o Jardim Zoológico participa, criam áreas protegidas coincidentes com as áreas de dispersão das Suricatas promovendo, indiretamente, a salvaguarda desta espécie também. No entanto, estudos realizados a grupos de Suricatas na natureza revelam uma estreita relação entre a diminuição da precipitação nas savanas africanas e a redução do número de indivíduos. Até agora, têm-se apenas registado oscilações pontuais da precipitação ao longo dos anos, porém, com as alterações climáticas, o cenário poderá vir a ser diferente uma vez que este é um fenómeno que se faz sentir de forma mais intensa nos habitats mais inóspitos, como os desertos e as savanas.

No dia 25 de fevereiro visite o Jardim Zoológico, conheça as novas crias e deixe-se surpreender com os motivos que estão por trás das “máscaras” das diferentes espécies.

Foto cedida pelo Jardim Zoológico