Centro de Recuperação de Animais Selvagens de St. André procura voluntários

Centro de Recuperação de Animais Selvagens de St. André procura voluntários

Anualmente os Centros de Recuperação de Animais Selvagens da Quercus recebem centenas de animais feridos e debilitados, a necessitarem de apoio veterinário e outros cuidados com vista à sua recuperação e devolução ao meio natural.  A atividade no CRASSA – Centro de Recuperação de Animais Selvagens de St. André é constante e toda a ajuda é bem vinda, com o centro à procura de voluntários. Inscrição aqui.

A recuperação dos animais tem como finalidade última contribuir para a conservação da Natureza, sendo dada prioridade a animais de espécies ameaçadas. Desta forma os centros constituem também uma fonte importante de informação permanente sobre os factores de ameaça às populações de fauna.

Poderão também ser realizados, paralelamente, estudos relativos à biologia das espécies, programas de reprodução em cativeiro, acções de educação ambiental e acções de formação, sempre que estas actividades não interfiram com o processo de recuperação dos animais.

Além do CRASSA, a Quercus gere dois outros centros de recuperação que integram a rede nacional de centros sob tutela do Instituto da Conservação da Natureza: o Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco (CERAS) e o Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Montejunto (CRASM).