Cerâmica Pegões e GoParity juntas no maior projeto de crowdfunding em Portugal

Cerâmica Pegões e GoParity juntas no maior projeto de crowdfunding em Portugal

Categoria Advisor, Empresas

A GoParity, plataforma portuguesa de investimentos sustentáveis, abre para investimento um projeto em parceria com a única produtora de tijolos da margem sul do Tejo: a Cerâmica Pegões, situada no Montijo. Este é o maior projeto de crowdfunding (ou financiamento colaborativo) alguma vez lançado em Portugal e tem o objetivo de angariar 275 mil euros. Os investidores vão receber juros de 4,5% ao ano e o financiamento vai permitir à Cerâmica de Pegões continuar a posicionar-se como a cerâmica energeticamente mais sustentável em Portugal.

A Cerâmica Pegões, situada em Pegões — Montijo, pretende continuar o seu caminho pela eficiência energética, através da instalação de um sistema solar fotovoltaico de 250 kWp para consumo próprio, que vão produzir cerca de 410 MWh. Com esta instalação, a cerâmica conseguirá evitar a emissão de 179 ton de CO2 por ano, o equivalente à plantação de mais de 8000 árvores.

Em 2006, a Cerâmica de Pegões começou a traçar o percurso na sustentabilidade ambiental: Foi instalada uma caldeira de biomassa, o que reduziu os custos da empresa e a pegada ecológica da empresa, tornando-a mais competitiva e sem qualquer dependência da variação dos preços do petróleo. Em 2018, a empresa pretende continuar o seu percurso pela sustentável ambiental com a instalação de um sistema solar fotovoltaico.

O promotor deste projeto é a própria Cerâmica de Pegões que dedica parte do investimento em fontes alternativas de energia, conseguindo assim ser mais competitiva e contribuindo para um futuro mais sustentável numa área que dificilmente se associa à sustentabilidade ambiental. Segundo Nuno Brito Jorge, cofundador da GoParity, o projeto da Cerâmica de Pegões “é um desafio mas também marco na história da relação entre as empresas e as pessoas em Portugal”.

“É dar a qualquer cidadão a oportunidade de partilhar as boas oportunidades de investimento que a sustentabilidade apresenta, tal como o poder de contribuir para um futuro mais limpo. É um orgulho ver instituições com história e de renome local a focarem parte das suas forças na sustentabilidade ambiental e contar com os cidadãos para o fazer acontecer”, acrescenta.

Este empréstimo está enquadrado na categoria de crédito garantido, com o penhor da central fotovoltaica, tendo por isso prioridade no pagamento na eventualidade de existir um incumprimento. Tal como todos os projetos da GoParity, qualquer cidadão pode tornar-se investidor e rentabilizar os seus fundos, apoiando este projeto a partir de 50 euros.