China aprovou plano de combate às alterações climáticas

Categoria Home

A China comprometeu-se a reduzir as emissões de carbono entre 40 e 45% até 2020, tendo como ponto de partida as emissões de 2005 e quer também aumentar a proporção de combustíveis não-fósseis em 15%, avança a agência Xinhua, citada pela Agência Lusa. O plano, que define os grandes objectivos que o país terá de cumprir em matéria de alterações climáticas até 2020, proposto pela Comissão Nacional do Desenvolvimento e Reforma, foi agora aprovado pelo Conselho de Estado.