Coimbra recebe o congresso bianual da Fundação Nova Cultura da Água

Categoria Advisor, Agenda

Coimbra recebe, de 6 a 8 de setembro, o X Congresso Ibérico de Gestão e Planeamento da Água, organizado pela Fundação Nova Cultura da Água (FNCA). Mais de 200 especialistas vão abordar questões chave, da atualidade, como as alterações climáticas, o direito humano à água, as políticas europeias e a gestão “ecossistémica” dos rios.

A iniciativa, única dentro da área, reúne no mesmo evento o mundo académico e o administrativo com os grupos sociais e ambientais defensores dos rios e dos ecossistemas fluviais, quer de Espanha quer de Portugal, cumpre 20 anos desde que se reuniu pela primeira vez em Saragoça.

Nestas duas décadas de trabalho partilhado, transversal e interdisciplinar abordaram-se temas que fizeram parte do debate social e político e ainda propostas que ofereciam alternativas de gestão. O primeiro encontro realizou-se em Saragoça, em 1998, e desde então celebra-se bianualmente, alternando entre Portugal e Espanha. Nesta edição, a Universidade de Coimbra foi o local escolhido para se realizar uma análise crítica e atualizada das políticas europeias de águas, entre outras questões.

As jornadas, abertas ao público, serão divididas em quatro temáticas. Na quinta feira, dia 6 de setembro debatem-se as questões legislativas e administrativas, como a Diretiva-Quadro da Água da União Europeia; assim como a manutenção, a conservação e a restauração dos ecossistemas aquáticos. Na sexta feira, 7 de setembro, discutem-se as alterações climáticas, os seus impactos e possíveis soluções; além da dimensão sociocultural da água, focando os aspetos éticos, educativos e dos direitos humanos. Estas sessões terão lugar no Auditório Laginha Serafim, no Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra.

Mesa redonda inaugural
Para alargar o âmbito universitário e aproximar-se do grande público, o décimo congresso inaugurará com uma mesa redonda, na quarta feira, dia 5 de setembro, no Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra. Finalmente, no sábado, 8 de setembro, terão lugar duas visitas guiadas ao rio Mondego, para conhecer várias intervenções.

Entre os participantes do X Congresso Ibérico de Gestão e Planeamento da Água estão Joaquim Capitão, diretor da Unidade LIFE da Direção Geral de Meio Ambiente da Comissão Europeia; Eva Flo, investigadora do Instituto de Ciências do Mar do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC); Pedro Arrojo, doutorado em Ciências Físicas e Prémio Goldman de Meio Ambiente, atualmente deputado pelo Unidos Podemos no Congresso dos Deputados; Susana Neto, presidente da Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH); e José Sá Fernandes, vereador da Estrutura Verde, Ambiente, Clima e Energia da Câmara Municipal de Lisboa.

Veja aqui o programa.