Combustíveis com maior subida desde fevereiro

Combustíveis com maior subida desde fevereiro

Categoria Ambiente, Energia

Atestar o depósito do carro vai ficar mais caro na próxima semana. A subida expressiva do petróleo e dos derivados (o gasóleo e a gasolina), em conjunto com a queda do euro, vai fazer aumentar o preço dos combustíveis nos postos de abastecimento, sendo a maior subida desde fevereiro, refere hoje o Negocios.

Segundo cálculos do jornal, o preço médio do gasóleo simples e da gasolina simples de 95 octanas, deverão aumentar cerca de três cêntimos por litro. Fonte do setor confirma que os preços deverão aumentar nesta dimensão.

A confirmar-se a evolução, este será o maior aumento desde fevereiro deste ano. A justificar esta subida expressiva está a evolução dos preços da matéria-prima e do euro. Os preços do petróleo estão a subir 4,55% esta semana, uma variação que sobe para 4,85% se analisados os valores em euro. No caso do gasóleo, a subida semanal (com base no preço médio com dados até esta quinta-feira) é de 7,42%, em dólares, e de 8,60%, em euros. Na gasolina o aumento é de 7,66% em dólares, e de 8,8%, em euros.

O aumento do ouro negro está relacionado com a expectativa em torno do corte de produção por parte dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), e está a ser refletida também na negociação do gasóleo e da gasolina nos mercados internacionais.

E se a previsão de um acordo no seio da OPEP elevou os preços da matéria-prima, os indicadores económicos e as expectativas em torno a subida de juros nos EUA têm pressionado o euro contra o dólar. A moeda única europeia chegou mesmo a negociar em mínimos de 2015 esta quinta-feira.