Comissão Europeia lança parque de polinizadores virtual

Comissão Europeia lança parque de polinizadores virtual

Pollinator Park (ou parque dos polinizadores) é uma ferramenta digital interativa destinada a aumentar a sensibilização para declínio dos polinizadores e mobilizar ações a nível mundial para solucionar este problema, pode ler-se no boletim informativo da Comissão.

Concebido como parte da Iniciativa da União Europeia relativa aos polinizadores, o Pollinator Park quer aumentar a consciencialização, envolver a sociedade em geral e promover a colaboração no que respeita aos polinizadores selvagens. Além disso, contribui para os esforços em curso no âmbito do Pacto Ecológico Europeu para fazer face às crises da natureza e dos polinizadores, tal como destacado, nomeadamente, na Estratégia do Prado ao Prato e na Estratégia de Biodiversidade da UE, refere o boletim.

Em especial, os membros da coligação mundial “Unidos pela Biodiversidade”, promovida pela UE, são convidados a utilizar o Pollinator Park como parte das suas próprias campanhas em torno da perda de biodiversidade, na perspetiva da 15.ª reunião da Conferência das Partes na Convenção sobre a Diversidade Biológica (CdP 15) ainda este ano.

Concebido em colaboração com o “arquibioteto” de renome Vincent Callebaut, o Pollinator Park oferece, segundo a Comissão, “uma visão do futuro sombrio que nos aguarda, a menos que alteremos radicalmente a nossa relação com a natureza”.

Disponível ao público como versão web e em realidade virtual, o novo parque convida os visitantes a “aprenderem sobre os polinizadores”, a “fazerem experiências sobre polinização”, a “comprarem bens alimentares num mundo sem polinizadores” e a “descobrirem como podem ajudar a evitar este possível futuro”, precisa o boletim.

A Comissão está atualmente a rever a iniciativa da UE relativa aos polinizadores, com vista a reforçar as ações destinadas a inverter o declínio destes insetos preciosos e está prevista uma consulta pública durante o segundo semestre deste ano.

Segundo a Comissão, o Plano de Ação para a Poluição Zero previsto para os próximos meses contribuirá igualmente de forma significativa para travar e inverter a perda de polinizadores.