Como é que a digitalização pode baixar a fatura energética?

Como é que a digitalização pode baixar a fatura energética?

Categoria Ambiente, Energia

Atualmente já é possível desmaterializar grande parte dos processos relacionados com o fornecimento de energia, desde a contratação de pagamentos, com uma redução objetiva dos custos para todos os intervenientes, fornecedores e também clientes, noticiou hoje o Negocios.

Uma mudança prática e geradora de poupanças é a simples utilização de faturas eletrónicas ou do site onde está disponível informação como as leituras ou contratos. Ainda na componente de digitalização, um aspeto mais sofisticado prende-se com a gestão de consumos. E com a tecnologia já disponibilizada pelas distribuidoras no mercado, é possível controlá-los de forma mais fácil no computador ou no smartphone. Ou ainda aumentar a eficiência energética através de regras específicas, como programar que todas as luzes de um escritório se apaguem a partir de uma hora específica.

Para além disso, permite também compara consumos homólogos, analisar o histórico, fazer comparações entre edifícios pertencentes à mesma Câmara Municipal.

Esta é uma das ferramentas com informação que a EDP oferece aos clientes empresariais, sendo que ainda não está disponível aos domésticos. Inovação e digitalização é um dos temas no seminário “A Gestão Eficiente de Energia no Setor Público”, organizado pela EDP e que irá decorrer na próxima quarta-feira, no Teatro Aveirense, em Aveiro.