Conferência ODSlocal’21 vai premiar projetos e municípios na área da sustentabilidade

Conferência ODSlocal’21 vai premiar projetos e municípios na área da sustentabilidade

Categoria Advisor, Agenda

Com transmissão aberta aos cidadãos, “A Caminho de 20-30” é o mote da Conferência ODSlocal’21 que vai debater os desafios do desenvolvimento sustentável e distinguir os vencedores dos prémios ODSlocal

Vai realizar-se a Conferência ODSlocal’21 com o tema “A Caminho de 20-30”, que terá como oradores Jeffrey Sachs, professor da Universidade de Columbia em NY, e Alexandre Caldas, Diretor da Divisão de Big Data na ONU. A conferência decorre no dia 24 de novembro, às 15h30, no Instituto de Ciências Sociais, na Universidade de Lisboa, com transmissão online aberta ao público.

Durante a Conferência serão atribuídos os Prémios ODSlocal, que distinguem três projetos mapeados no portal ODSlocal com impacto relevante no avanço da Agenda 2030, fortemente inspiradores e com um elevado potencial de replicabilidade. Serão ainda distinguidas Boas Práticas e entregues Selos ODSlocal aos municípios que se destacaram neste domínio.

Mundialmente conhecido como especialista em desenvolvimento sustentável e económico, bem como na luta contra a pobreza, Jeffrey Sachs vai abordar o tema “Localizar os ODS: desafios e oportunidades”, explorando de que modo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável podem ser usados como um referencial de ação para promover o desenvolvimento sustentável em cidades e comunidades em todo o mundo, dando exemplos inspiradores.

Jeffrey Sachs, também presidente da Sustainable Development Solutions Network das Nações Unidas, atribui grande relevância ao papel das cidades e das autoridades locais para que sejam alcançados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: “As autarquias locais estão a integrar os ODS nos seus planos de sustentabilidade, procurando ultrapassar lacunas de dados para melhor monitorização e informação, e estão a partilhar as lições aprendidas numa rede que envolve um número crescente de cidades de todo o mundo. Ao assumirem os ODS, os presidentes de câmara e as autoridades locais podem articular os seus esforços sociais, económicos e ambientais, derrubar bloqueios administrativos e servir melhor a população local”.

“Plataformas de dados e de conhecimento para os ODS e o futuro que queremos” será o tema abordado por outro orador principal, Alexandre Caldas, que irá destacar a utilização dos dados para as atividades de desenvolvimento sustentável, apresentando como exemplo o sistema das Nações Unidas, fundamental para concretizar a ambiciosa estratégia de guiar pessoas, lugares e todo o planeta para um futuro seguro e justo.

A Conferência conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, associou-se também com uma mensagem de vídeo que será transmitida na conferência.

Do programa constam ainda as intervenções de Karin Wall, diretora do ICS-Lisboa, e de Filipe Duarte Santos, presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS).