Consórcio apoia primeira tecnologia enzimática do mundo para reciclar plásticos

Consórcio apoia primeira tecnologia enzimática do mundo para reciclar plásticos

Categoria Ambiente, Resíduos

A Carbios, empresa pioneira em novas soluções bioindustriais para reinventar o ciclo de vida dos polímeros plásticos e têxteis, e a L’Oréal, acabam de estabelecer uma parceria com a Nestlé Waters, a PepsiCo e a Suntory Beverage & Food Europe para, em consórcio, apoiarem a primeira tecnologia enzimática do mundo para a reciclagem de plásticos.

A Carbios desenvolveu uma tecnologia única e sustentável recorrendo a enzimas de elevada especificidade que conseguem reciclar plásticos PET e fibras de poliéster de uma forma muito mais abrangente em comparação com outras tecnologias de reciclagem. Esse processo inovador cria o PET reciclado, equivalente ao PET virgem, que pode ser utilizado em aplicações como garrafas e outras formas de embalagem.

O consórcio foi fundado, inicialmente, para trazer uma tecnologia de reciclagem avançada projetada e desenvolvida pela Carbios para um mercado de escala industrial. Empenhados em promover o desenvolvimento sustentável com soluções inovadoras, a Nestlé Waters, a PepsiCo e a Suntory Beverage & Food Europe unem-se ao consórcio para ajudar a apoiar a economia circular do plástico, utilizando a inovadora e melhorada tecnologia de reciclagem enzimática desenvolvida pela Carbios.

No âmbito dos termos do acordo de quatro anos, a ambição dos parceiros do consórcio é trazer para o mercado a tecnologia avançada para plásticos PET da Carbios e aumentar a disponibilidade de plásticos reciclados de alta qualidade para cumprir os seus compromissos de sustentabilidade. A colaboração pressupõe o cumprimento de objetivos técnicos e o apoio ao fornecimento eficiente de plásticos PET 100% reciclados para os mercados globais.

A Carbios desenvolveu um processo inovador que decompõe os resíduos de plástico PET até aos seus blocos originais, que podem ser utilizados para produzir plástico PET de alta qualidade. Esta tecnologia patenteada oferece o potencial para reciclar plásticos PET repetidamente e abre caminho para a presença de conteúdo PET 100% reciclado em novos produtos. Na realidade, a Carbios conseguiu, pela primeira vez a nível mundial, utilizar a sua tecnologia enzimática para criar garrafas PET a partir de plásticos 100% reciclados. Esta abordagem biológica permite lidar com todas as formas de plástico PET (transparentes, coloridos, opacos e multicamadas) e fibras de poliéster. O processo requer calor limitado e não requer pressão ou solventes, o que melhora o seu impacto ambiental, sendo que também oferece uma solução competitiva para aumentar as taxas globais de reciclagem de plástico. Ao criar uma economia circular a partir de plásticos e fibras usados, a tecnologia de reciclagem avançada da Carbios oferece uma solução sustentável e responsável.