Contas de energia e água fazem disparar queixas dos consumidores

Categoria Ambiente, Energia

Nunca a DECO recebeu tantas reclamações de consumidores como no ano passado. Na data em que se assinala o Dia Mundial dos Direitos dos Consumidores, a associação de consumidores revela que em 2015 foi contactada por 679.213 consumidores, o que representa um acréscimo de 24% face aos cerca de 550 mil pedidos de apoio acolhidos no ano anterior, noticia o Diário Económico.

Este aumento deveu-se, sobretudo, ao crescimento dos pedidos de ajuda relacionados com o setor da energia e água que passou a ser a área mais reclamada, ultrapassando as telecomunicações que durante muitos anos liderou a lista de queixas. Em 2015, 152.751 portugueses contactaram o Gabinete de Apoio ao Consumidor (GAC) da DECO com reclamações que se prendiam com serviços de energia e água, um número quase seis vezes superior face às perto de 27 mil queixas apresentadas no ano anterior. A maioria dos contactos teve como foco a devolução de cauções dos serviços de energia e gás, com 100 mil contactos. De salientar que a DECO lançou em setembro do ano passado uma plataforma digital para ajudar as pessoas a reclamar cauções de contratos de água, eletricidade e gás anteriores a 1999, lembrando haver 18 milhões de euros em cauções a reaver.