Coopérnico lança primeiro projeto de fotovoltaico em modelo de autoconsumo

Coopérnico lança primeiro projeto de fotovoltaico em modelo de autoconsumo

Categoria Ambiente, Energia

A Coopérnico, primeira cooperativa portuguesa de energias renováveis, lançou hoje o seu primeiro projeto de fotovoltaico em modelo de autoconsumo em parceria com a Cooperativa Agrícola de Mangualde (CAM). Este é um passo muito importante para a Cooperativa que quer, cada vez mais, apoiar o terceiro setor na instalação de sistemas de autoconsumo. 

O 15.º projeto da Coopérnico, com um investimento de 77.000€, irá assegurar a implementação de uma central fotovoltaica que vai produzir 131 067 kWh por ano, o que equivale ao consumo de 50 famílias e que vai evitar a emissão de 84 toneladas de CO2 por ano.

A Coopérnico conta já com mais de 1000 membros, mais de 726.000€ investidos em produção de energia renovável e perto de 650 kW de potência instalada em 14 centrais fotovoltaicas espalhadas por todo o país.

Já a Cooperativa Agrícola de Mangualde foi fundada em 1951, tendo sido a primeira Cooperativa no país a ser conhecida como Organização de Produtores. A CAM cobre uma área de influência de 19 concelhos na região da Beira Alta, limitada pelas Serras da Estrela e do Caramulo. Comercializa maçã, pêra, avelã e frutos vermelhos (mirtilos, cerejas, morangos, etc.).