Coopérnico vence prémio “Cooperação e Solidariedade” da CASES

Coopérnico vence prémio “Cooperação e Solidariedade” da CASES

Os vencedores são conhecidos hoje na Cerimónia Pública de Entrega de Prémios, pelas 18h, no Salão Nobre do Teatro da Trindade, em Lisboa. Para o Presidente da

A Coopérnico é a vencedora da 4ª edição do prémio “Cooperação e Solidariedade António Sérgio”. Para o presidente da Coopérnico, Nuno Brito Jorge, “é um orgulho receber este prémio, por reconhecer o nosso lado inovador e de sustentabilidade mas, sobretudo pelo reconhecimento de que se trata também de um projeto da economia social e que visa o benefício das pessoas”.

A Coopérnico, primeira cooperativa portuguesa de energias renováveis, produz energia elétrica renovável proveniente de instalações de painéis solares fotovoltaicos, alocados preferencialmente em telhados de IPSS. As instituições onde os painéis estão instalados, depois do fim do contrato, recebem toda a infraestrutura. Dessa forma, a empresa devolve à sociedade os benefícios do seu modelo de desenvolvimento. Para além da produção de energia verde, a Coopérnico é a única empresa social a comercializar eletricidade ao abrigo de uma parceria com uma empresa portuguesa, comprometendo-se a garantir que a quantidade de eletricidade consumida pelos membros é proveniente de fontes renováveis.

Do total de candidaturas submetidas ao prémio “Cooperação e Solidariedade”, o júri deliberou os vencedores e menções honrosas nas suas quatro categorias: Inovação e Sustentabilidade; Estudos e Investigação; Formação Pós-graduada e Trabalhos Escolares. Este ano, pela primeira vez, é também atribuído o prémio “Especial Personalidade do Ano”.

O prémio “Cooperação e Solidariedade António Sérgio”, criado em 2012 pela CASES, constitui “uma forma pública e solene de homenagear as pessoas singulares e coletivas” que, em cada ano, mais se tenham distinguido em “domínios relevantes para a economia social”, avança a Coópérnico em comunicado enviado à imprensa.