CorPower Ocean assegura 9 milhões de euros em financiamento de capital para tecnologia de energia das ondas em Portugal

CorPower Ocean assegura 9 milhões de euros em financiamento de capital para tecnologia de energia das ondas em Portugal

Categoria Ambiente, Energia

A ronda de financiamento foi liderada pela Midroc New Technology, com investimento adicional por parte da ALMI Invest Greentech, EIT InnoEnergy e um grupo de investidores privados. O capital angariado será utilizado para produzir os primeiros Conversores de Energia das Ondas (WEC – Wave Energy Converters) à escala comercial em Portugal, no âmbito do projeto emblemático da CorPower, HiWave-5​,​ bem como para o desenvolvimento, a longo prazo, da capacidade de fornecimento, operação e manutenção dos parques de energia das ondas futuramente comercializados. O financiamento de capitais, combinado com investimentos públicos que cofinanciam o programa, irá apoiar os esforços pan-europeus da CorPower na Suécia, Portugal, Escócia e Noruega.

Patrik Möller, CEO  da ​CorPower Ocean, afirmou: “Este pacote de financiamento assinala outro marco importante na missão da empresa de introduzir uma nova classe de produtos WEC certificados e com garantias​. É com satisfação que vemos o apoio forte e contínuo dos investidores que partilham a nossa visão de trazer para o mundo tecnologia de energia das ondas fiável e competitiva, desbloqueando uma das maiores fontes inexploradas de energia não poluente do planeta.”

O projeto de demonstração HiWave-5 visa converter a tecnologia de ondas da CorPower num produto financiável até 2024, provando a capacidade de sobrevivência, desempenho e economia de um conjunto de WECs ligados à rede de distribuição elétrica no Norte de Portugal. O que irá desbloquear o acesso ao financiamento tradicional de projetos de energias renováveis, para os projetos, de matriz comercial, desenvolvidos pelos nossos clientes.

A CorPower Ocean é líder global em tecnologia de energia das ondas. A sua nova geração de WECs de alta eficiência, inspira-se nos princípios de funcionamento de coração humano, em particular na forma como este faz bombeia o sangue. Oferece cinco vezes mais energia por tonelada de dispositivo, em comparação com as tecnologias anteriormente conhecidas, o que permite recolher uma grande quantidade de energia através de dispositivos consideravelmente mais pequenos e de custo inferior. Isto permite um custo nivelado de eletricidade (LCOE – Levelized Cost of Electricity) altamente competitivo, tornando o objetivo EUR 30/MWh claramente alcançável.

Este anúncio de financiamento ocorre pouco depois de a CorPower ter divulgado os planos para um novo centro de Investigação e Desenvolvimento, Fabrico, Manutenção e Operação no valor de 16 milhões de euros (USD 18,1 milhões de dólares) em Viana do Castelo. O local será a base de operações para execução das fases finais do projeto HiWave-5 das quais fazem parte a já referida demonstração na Aguçadoura.

Ingvar Eriksson, BCO da EIT InnoEnergy Scandinavia afirmou: “Temos vindo a apoiar a CorPower desde 2012 e estamos felizes com o progresso feito até este momento, tendo provado os princípios e a física da tecnologia no mar. A InnoEnergy avaliou muitas tecnologias de energia oceânica e vimos a CorPower avançar para uma posição de liderança na corrida para torná-la uma fonte de energia dominante. Aguardamos ansiosamente o percurso contínuo e estamos convencidos de que a CorPower pode desempenhar um papel significativo na evolução do cabaz energético sustentável e contribuir para os objetivos europeus de descarbonização.”

Andreas Gunnarsson da Midroc New Technology ​afirmou: “A CorPower continua a cumprir os objetivos e a sua abordagem passo a passo prudente confere credibilidade ao setor. Esta tecnologia tem, sem dúvida, a capacidade de tornar o mundo um lugar melhor e é com agrado que vemos cada vez mais grandes empresas de serviços públicos e promotores de projectos envolvidos.”

Markus Hökfelt da ALMI Invest Greentech​ afirmou: “Vemos a energia das ondas como uma tecnologia-chave na transição para um sistema de eletricidade 100% renovável. A energia das ondas pode tornar-se uma fonte de equilíbrio que permite alta penetração de energias renováveis com o menor custo do sistema possível.”