Crianças e Jovens convidam Portugal a mostrar gratidão à Terra no Dia Internacional da Biodiversidade

Crianças e Jovens convidam Portugal a mostrar gratidão à Terra no Dia Internacional da Biodiversidade

Um Minuto de Silêncio de gratidão à Terra é uma iniciativa nacional organizada pela Associação Fazedores da Mudança em conjunto com todos os que pelo país se associam, e que decorre hoje, dia 22 de maio, Dia Internacional da Biodiversidade.

Agradecer à Terra por tudo o que tão generosamente nos dá para podermos viver e florescer enquanto humanos, resgatando um dos mais nobres sentimentos em cada um de nós –a Gratidão –, constitui um dos principais objetivos desta iniciativa.

Nestes tempos em que a Saúde e a integridade do planeta e das pessoas estão em risco; nestes tempos em que os ecossistemas estão bastante fragilizados e ameaçados, pretendemos igualmente colocar a atenção na importância da biodiversidade para a vida, sobretudo em contexto de adaptação às alterações climáticas, relembrando a nossa interdependência e ligação profunda a todos e ao planeta.

Através deste Minuto de Silêncio convidamos igualmente a tomar consciência e a assumirmos o compromisso de fazer tudo o que está ao nosso alcance, adoptando comportamentos e modos de vida mais sustentáveis, para garantir que nós e as gerações futuras, acedem à Saúde e ao Bem-Estar.

Através desta iniciativa, convida-se Portugal a silenciar durante UM Minuto para agradecer à Terra e porque todo o ser humano é feito da mesma matéria que o planeta, o convite estende o agradecimento a cada um de nós por SER capaz de gestos tão belos e generosos, plenos de Humanidade e Amor; e a todas as pessoas que nos estão próximas e que têm a capacidade de cuidar, dando o seu melhor, em cada momento.11:10 é a hora sugerida para este minuto de silêncio, mas cada um é livre de fazer quando sentir ser o melhor momento.

O importante é parar, silenciar, escutar o coração e experienciar a gratidão dentro e fora de si.

As escolas são especialmente convidadas a este gesto, com uma proposta de elaboração de móbiles de tsurus (pássaros feitos em origami) os quais serão oferecidos com UM Minuto de Silêncio, no plano local aos presidentes das Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia.

Já no plano nacional a associação pretende juntamente com as escolas de várias partes do país, oferecer estes móbiles ao Presidente da República, ao Governo e à Assembleia da República.